Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

No Brasil, Firefox OS terá celular que pode durar uma semana sem carga

27 JUL 12 - 12h:30techtudo

Christopher Arnold, desenvolvedor de negócios da Mozilla Foundation, aproveitou o primeiro dia do FISL (Fórum Internacional Software Livre) para falar sobre a estratégia da empresa para o futuro. Uma das prioridades da empresa é o mercado mobile, com o sistema Firefox OS, a loja de aplicativos Mozilla Marketplace, o Firefox Sync e o Mozilla Persona. A empresa confirmou que pretende ainda lançar no Brasil no ano que vem um smartphone com o sistema Firefox OS, antes conhecido como Boot to Gecko, cuja bateria pode durar até uma semana.

Antes de falar sobre as novidades, Arnold relembrou o início do Firefox: “Todos vocês sabem que o Firefox surgiu do Netscape, que foi comprado da AOL. A fundação Mozilla foi criada sem fins lucrativos, para servir como um laboratório para criar novos recursos, gerando código livre que está disponível para toda a comunidade. A AOL gostou da proposta, e investiu US$ 2 milhões”.

A maioria das inovações criadas no Firefox vieram no rastro da comunidade, que contribuiu com o código, que a fundação Mozilla recebe e depois coloca o selo de aprovação do Firefox. Para Arnold, mesmo com a participação atual de 25 a 30% do mercado de navegadores, a missão do Firefox está cumprida. "Nós não queremos dominar o mundo e sim incentivar a criatividade”.

O mercado mobile é o próximo objetivo da Mozilla, e o primeiro passo para isto é o Firefox OS. A diferença entre o da Mozilla e aquele dos concorrentes é simples: o sistema é bem mais leve pois conta com menos “camadas” e pode ser iniciado diretamente da Internet. Nas palavras de Arnold, “o Firefox OS dá ao desenvolvedor acesso direto aos APIs da câmera, SMS, telefone, contatos, mensagens e etc, o que vai tornar mais simples a vida dos programadores.”

O Firefox OS está disponível sem qualquer custo para usuários finais, fabricantes ou operadoras. Uma grande dificuldade dos desenvolvedores na App Store do iOS (iPhone e iPad) é a aprovação dos aplicativos por parte da Apple, que geralmente demora muito, sendo que muitas vezes o app é recusado sem maiores explicações. No Firefox OS, a aprovação dos aplicativos é feita pela compatibilidade com os aparelhos e não para restringir o usuário.

O Firefox Sync faz a sincronização dos dados de seus aparelhos, como por exemplo do seu notebook para um tablet, um smartphone ou uma TV. O Mozilla Persona é uma identidade de usuário, feita de forma simples e rápida. Tudo o que você precisa é informar o seu nome e e-mail. Nas palavras de Arnold: “não importa para onde você vá, que sistema resolva usar, você vai continuar com a sua identidade, que não vai estar presa a Apple, Google ou outra empresa.”

Para o Mozilla Marketplace, a proposta também é inovar. “Nós repensamos o que seria uma loja de aplicativos, diminuindo a quantidade de etapas entre o aplicativo e o cliente final, o que facilita a vida dos desenvolvedores”, diz Christopher Arnold.

No Marketplace, não existe a necessidade de pedir a aprovação da Mozilla a cada nova versão do aplicativo. O aplicativo fica hospedado na página do desenvolvedor, e uma Web App entrega o conteúdo do aplicativo para o seu tablet ou smartphone, fazendo os ajustes necessários na resolução.

Brasil é o mercado pioneiro para o Firefox OS

A fundação Mozilla fez um acordo com as operadoras Telefônica/Vivo e vai lançar no Brasil o primeiro celular do mundo com o Firefox OS, a um custo muito acessível. O motivo da escolha do Brasil para o lançamento é o tamanho do nosso mercado, e também a dificuldade que a Apple teve para entrar no Brasil com o iPhone, graças ao seu custo elevado.

Depois do lançamento no Brasil, o aparelho fabricado pela ZTE, deve ser lançado no Chile e na Argentina. “Também estamos em negociações com a Deutsche Telecom na Alemanha e a Sprint, nos Estados Unidos”.

No final da apresentação foi possível dar uma olhada no smartphone ZTE equipado com o Firefox OS. Apesar de ainda ser uma versão beta para desenvolvimento, é possível perceber que o novo sistema é promissor, principalmente pela duração da bateria, que pode chegar a uma semana, segundo o executivo da Mozilla.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Domingo com tempo seco e máxima de 34 em MS
PREVISÃO DO TEMPO

Domingo com tempo seco e máxima de 34 em MS

Campo Grande registra, em média, oito casos de estupro de crianças por dia
VIOLÊNCIA

Campo Grande registra, em média, oito casos de estupro de crianças por dia

Volkswagen Jetta GLI
CORREIO VEÍCULOS

Volkswagen Jetta GLI

Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões em prêmio principal
LOTERIA

Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões em prêmio principal

Mais Lidas