Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Nissan vai produzir nova geração do Sentra ainda este ano

1 JUL 12 - 04h:00caranddriverbrasil

Em abril, a Nissan mostrou ao mundo o sedã Sylphy, no Salão de Pequim. Não se deixe enganar pelo nome, trata-se da nova geração do bom e velho Sentra, que será substituído no Brasil muito provavelmente já no próximo ano.

Isso porque ainda este ano a Nissan inicia a produção do novo Sentra na China e em outras plantas asiáticas, na unidade mexicana de Aguascalientes – de onde sairá o modelo destinado ao Brasil – e também em uma unidade nos EUA, em Canton, no Mississipi. Ou seja, a Nissan vai transformar o novo Sentra em um veículo global.

Os mais ligados devem ter percebido que o visual do Sylfy é muito parecido com o do Nissan Altima, seu irmão maior que foi mostrado no Salão de Nova York. As diferenças ficam por conta dos faróis menores e o espaço interno menos luxuoso, além de ser menor e menos potente que o Altima.

Segundo a Nissan, o porta-malas é um dos maiores do segmento e eles trabalharam duro para eliminar o excesso de ruído e vibração dentro do carro. Outra novidade é a inclusão de ar condicionado de duas zonas, chave inteligente e botão push-start.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Decreto é publicado e tarifa de ônibus volta a R$ 4,10 amanhã
TRANSPORTE COLETIVO

Decreto é publicado e tarifa de ônibus volta a R$ 4,10 amanhã

Seguro-desemprego em atraso deve ser liberado até amanhã
BENEFÍCIO

Seguro-desemprego em atraso deve ser liberado até amanhã

Em depoimento, empresário garante que só a mulher se drogou e bebeu cerveja em motel
SURTO DO MOTEL

Empresário garante que só a mulher se drogou e bebeu cerveja em motel

Apreensões de contrabando somaram R$ 368 milhões no ano passado em MS
RECEITA FEDERAL

Apreensões de contrabando somaram R$ 368 milhões no ano passado em MS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião