Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Nikon no Brasil

28 ABR 11 - 03h:50bagarai

De olho no mercado aquecido, que consome cerca de 7 milhões de câmeras/ano e está ávido por novas tecnologias, a Nikon aporta no Brasil através de uma divisão da matriz japonesa com investimentos de US$ 10 milhões. A empresa deve comercializar suas linhas completas de produtos, com cerca de 300 itens, entre câmeras, lentes e acessórios.

Segundo Koji Maeda, presidente da unidade brasileira, a companhia, que atua no segmento de imagem desde 1917 e está presente em mais de 80 países, chega em um momento muito importante, em que o Brasil apresenta um grande crescimento no segmento de imagem e tecnologia. “O País tem uma expressiva base instalada, muitos apreciadores da marca Nikon, e sentimos que poderemos oferecer uma linha completa de produtos e acessórios, assistência técnica local e apoio aos usuários através do SAC para o nosso consumidor”, esclarece Maeda.

Com faturamento global estimado em ¥ 870 bilhões de ienes (US$ 10,5 bilhões de dólares) de Abril/2010 a Março/2011, a Nikon está investindo US$ 10 milhões na implantação da unidade brasileira. O presidente chama a atenção ainda para os eventos que o Brasil deve sediar nos próximos anos e que devem contribuir para uma gradativa evolução do mercado. “A Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, com certeza, vão desempenhar um papel fundamental na expansão do setor de imagem brasileiro”, avalia Maeda.

A princípio, a empresa vai focar suas atividades comercialização de sua linha completa de câmeras fotográficas, com modelos compactos; D-SLR (Digital Single Lens Reflex); além de lentes e demais acessórios. Este segmento representa o maior market share na linha de produtos da marca japonesa, equivalente a cerca de 70% do faturamento global. A expectativa da Nikon Brasil é tornar-se, dentro de três anos, um dos principais players do mercado brasileiro neste segmento. E, em dois anos, atingir 2000 PDVs, em todo território nacional, entre magazines, lojas especializadas e comércio online.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Judiciário e governo buscam reduzir milhões de ações contra o INSS

São abertas cerca de 7 mil novas demandas diariamente contra o órgão
Caixa anuncia financiamento habitacional corrigido pelo IPCA
ECONOMIA

Caixa anuncia financiamento habitacional corrigido pelo IPCA

COMPRA DE ENERGIA

Diretor de Itaipu acredita que acordo com Paraguai sairá em breve

STJ nega recurso e prefeitura deve indenizar moradores por alagamentos
SERRADINHO

STJ manda prefeitura indenizar moradores por alagamentos

Mais Lidas