quinta, 19 de julho de 2018

cobranças

Neymar reconhece que precisa melhorar

26 OUT 2010Por São Paulo02h:05

 

Contra o Grêmio Prudente, no domingo, Neymar perdeu o sexto pênalti na temporada, dos 16 que já cobrou. Uma deficiência que gerou até uma briga com o técnico Dorival Júnior, quando o treinador não deixou o camisa 11 cobrar uma penalidade contra o Atlético-GO. No entanto, a “Joia” afirmou que vai continuar treinando para aprimorar as cobranças. “Não é só os pênaltis que precisam melhorar. Desde que eu sou profissional eu treino faltas, pênaltis, dribles, estamos ali para treinar os fundamentos do futebol. Preciso melhorar sim. Se precisar de mim para ajudar o Santos, eu estou à disposição para cobrar os pênaltis”, afirmou, no lançamento de seu site oficial, ontem, em um hotel de São Paulo.
 
Neymar se esquivou quando foi perguntado se a sequência de pênaltis perdidos poderia tirá-lo da convocação de Mano Menezes para o amistoso da seleção brasileira contra a Argentina, dia 17 de novembro, em Doha, no Qatar. “Isso é com o professor Mano... (risos)”, disse.
 
O jovem jogador também afirmou que a proibição da paradinha facilitou o trabalho dos goleiros, dificultando ainda mais as cobranças de penalidades. Antes da proibição, Neymar ficou famoso por usar sempre esse fundamento na hora de bater os pênaltis.
 
Já o presidente Luis Álvaro Ribeiro, que também marcou presença no evento, defendeu Neymar da sequência negativa de cobranças. “O Neymar tem talento para bater qualquer coisa. Pênalti, falta, tiro de meta, lateral...” concluiu o dirigente.

Leia Também