Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Nervoso, Léo se diz de saco cheio e exige valorização de Ganso

Nervoso, Léo se diz de saco cheio e exige valorização de Ganso
09/09/2012 20:00 - TERRA


O lateral esquerdo Léo se enervou após o duelo contra o São Paulo neste domingo, que terminou com empate sem gols, na Vila Belmiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Extremamente irritado em entrevista ainda no gramado, o jogador condenou a "novela mexicana" com o meia Paulo Henrique Ganso e ainda exigiu a valorização do meio-campista, que pode se transferir para o rival tricolor.

"Essa novela mexicana do Ganso tem que se resolver o mais rápido possível. Tem que valorizar quem é campeão aqui dentro, já encheu o saco isso. Essa palhaçada que não acaba, o menino fez por merecer. Se não tem condição define. Está chato. Tem que ser valorizados os profissionais que fizeram algo pelo clube", bradou Léo, bastante nervoso.

"Renova, não renova, tem que valorizar. Ele merece o respeito, é um menino ainda", bradou o lateral esquerdo, exigindo a valorização do meio-campista, que recebe um dos menores salários do elenco santista - cerca de R$ 130 mil mensais. O Santos, contudo, ainda não fez proposta que tenha agradado ao camisa 10, que pode se transferir ao São Paulo nos próximos dias.

Sem atuar pelo Santos nos últimos dias por suposta lesão sofrida em treino, o meia também não realizou sua sétima partida pelo time alvinegro no Campeonato Brasileiro e pode se transferir a qualquer outra equipe da primeira divisão. O São Paulo fez proposta de R$ 13 milhões pelos 45% referentes ao clube da Vila Belmiro, que deseja receber R$ 23,8 milhões pela fatia.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...