Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

MUNDO

Neonazistas protestam em Moscou sobre Cáucaso

23 ABR 2011Por ESTADÃO20h:51

Centenas de neonazistas protestaram em Moscou contra as políticas do governo russo na violenta região do Cáucaso. Cerca de 300 manifestantes, incluindo ativistas de grupos neonazistas banidos ou não registrados, pediram neste sábado ao Kremlin que "pare de alimentar o Cáucaso".

A região predominantemente muçulmana é o lar de pelo menos 100 etnias diferentes, incluindo os chechenos, que travaram duas guerras separatistas contra Moscou após o colapso soviético, em 1991.

Depois da pacificação na Chechênia, o governo russo gastou bilhões de dólares para recompor a região e financiar governos de províncias conhecidas pela corrupção e pelo nepotismo.

Assassinatos e assaltos contra indivíduos que não são de nacionalidade russa aumentaram desde o início dos anos 2000 e autoridades são culpadas pela entrada de nativos da região do Cáucaso na Rússia.

Leia Também