Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Nelsinho terá apoio do partido da Igreja Universal

9 JUN 08 - 23h:45
     

Lidiane Kober e Lívia Ferreira

 

O PRB, braço político da Igreja Universal do Reino de Deus, abandonou o projeto de concorrer à Prefeitura de Campo Grande e fechou apoio à reeleição do prefeito Nelsinho Trad (PMDB). A informação partiu ontem de manhã do próprio Nelsinho, depois de confirmar o nome do presidente da Câmara Municipal, Edil Albuquerque (PMDB) , como seu pré-candidato a vice. Nelsinho mostrou suas anotações pessoais em que o PRB constava da lista de partidos com maiores potenciais de votos no arco de aliança.

Embora não considere a aliança sacramentada, a Direção Regional do PRB confirmou a tendência de se unir ao atual prefeito.

No entanto, a ex-primeira dama do Estado, Maria Aparecida Pedrossian, tida até então como pré-candidata a prefeita, negou a possibilidade de se aliar ao atual prefeito. Disse que tudo não passa de uma estratégia de Nelsinho para tirá-la da disputa e garantiu que o PRB vai concorrer na majoritária com chapa pura.

Presidente regional do PRB, o pastor José Divino disse ontem que dois fatores pesaram na decisão de apoiar Nelsinho: o fato de Maria Aparecida não estar bem colocada nas pesquisas eleitorais e a necessidade de o partido priorizar as Câmaras. "A Maria Aparecida tem o seu valor, mas nas pesquisas de opinião ela não atingiu uma densidade eleitoral que possa empolgar para valer a chapa majoritária", justificou. Ele lembrou que, por ser um partido novo, o PRB precisa se fortalecer primeiro nas câmaras municipais. "O partido está começando. Temos que subir degrau por degrau. Todo edifício começa na fundação", justificou.

Em relação à candidatura de Maria Aparecida, Divino lembrou que o próprio marido da ex-primeira-dama, Pedro Pedrossian, é contrário a ela entrar na disputa. "Não queremos ser causa da desarmonia de ninguém", afirmou Divino.

A proposta de aliança com Nelsinho será discutida na reunião que a Executiva Municipal do PRB realiza sexta-feira.

Árvore Seca

Por telefone, Maria Aparecida disse que não há a menor possibilidade de o PRB desistir de lançar candidato a prefeito. "Esta candidatura é irreversível. O Nelsinho está fazendo de tudo para enfraquecer minha candidatura. Isto é um sinal de que estamos incomodando. Ninguém atira pedra em árvore seca", afirmou.

        Ao lado do PT e do PTB, o PRB chegou a formar uma frente de oposição a Nelsinho. Pela proposta original, os três partidos indicariam pré-candidatos a prefeito e o mais bem sucedido nas pesquisas ficaria com a vaga. A frente se dissolveu e hoje apenas o PT está na trincheira oposta a Nelsinho, já que o PTB também decidiu aderir ao prefeito.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Estado avança e chega ao 5º lugar <br>no ranking de competitividade
NACIONAL

MS avança e chega ao 5º lugar no ranking de competitividade

Confira ruas que serão interditadas no fim de semana
CAMPO GRANDE

Confira ruas que serão interditadas no fim de semana

IMPOSTOS DE RENDA

Receita Federal envia cartas a cerca de 330 mil contribuintes

BRASIL

Em crise, grupos do PSL se reúnem para tratar de disputas de poder

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião