Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ELEIÇÕES 2014

Nelsinho reage e diz que Delcídio está desesperado

Nelsinho reage e diz que Delcídio está desesperado
21/01/2014 00:00 - DA REDAÇÃO


O pré-candidato a governador, ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PMDB), reagiu aos ataques virtuais do seu principal rival, senador Delcídio do Amaral (PT), feitos nas redes sociais. Para o peemedebista, segundo reportagem no jornal Correio do Estado de hoje (21), o senador está “desesperado” com a proximidade da campanha eleitoral, por ter mais segurança de vitória e, por isto, passou a criticá-lo “gratuitamente”. 


"Essa atitude é clara demonstração de mudança de comportamento, pois bateu o desespero. Cada vez que nosso grupo se une, ele (Delcídio) vem com essas baixarias
 

Na última sexta-feira (17), o senador usou o Twitter e o Facebook para criticar o seu virtual rival na sucessão estadual. “Nem a TRADição pode tirar mandato popular na “mão grande”! Só o voto”, dizia a mensagem insinuando que políticos com o sobrenome Trad estariam por trás da tentativa de cassar o mandato do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), pessoa que o senador tenta blindar para que sua imagem não seja arranhada principalmente na Capital. A queda do chefe do Executivo poderia respingar na campanha eleitoral de Delcídio e prejudicá-lo no próximo pleito.

“Isso tem nome e sobrenome, chama-se pesquisa eleitoral, ele já está observando que estamos na frente em Campo Grande e que nós praticamente emparelhamos no Estado. Portanto, essa atitude é clara demonstração de mudança de comportamento, pois bateu o desespero. Cada vez que nosso grupo se une, ele vem com essas baixarias”, avaliou Nelsinho. A reportagem é de Jéssica Benitez.

Felpuda


Espalhar notícias ruins tornou-se muito mais rápido com o uso da tecnologia, e, além disso, não se trata mais de ações dos adversários. Isso é o que pôde ser visto ultimamente, quando a tchurminha do “aliado” tratou de deixar muita gente informada sobre o que a chamada "grande imprensa” tinha publicado, enviando notícias pelo WhatsApp e postando nas mídias sociais. E assim caminha a humanidade...