Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

AUTOMOBILISMO

Nelsinho Piquet correrá temporada de picapes da Nascar

13 DEZ 2010Por 19h:45

O brasileiro Nelsinho Piquet vai disputar a temporada completa da Nascar Truck Series em 2011. Ele foi contratado pela equipe Kevin Harvick - cujo anúncio foi feito oficialmente nesta segunda-feira - e espera, com isso, estabelecer de vez sua carreira no automobilismo norte-americano.

"Minha escolha foi fazer uma coisa diferente", avisou o filho do tricampeão mundial de Fórmula 1, Nelson Piquet. Ele terá a companhia do brasileiro Miguel Palulo e tem motivado Tony Kanaan, campeão da F-Indy, a trocar de categoria. "Estou falando com ele, seria bem legal. Ele não quer sair da Indy, mas vamos ver", contou.

Nelsinho está confiante em um bom desempenho em seu novo desafio. "Acho que dá para vencer umas corridas, mas não sei quão rápido vou evoluir. Se tudo correr bem, ficarei uns dois anos na Truck para subir de categoria. Preciso aprender para chegar bem na Nascar e ter condições de vencer lá", disse, sobre o seu plano de carreira. Ele ainda não sabe com qual número disputará as provas.

A equipe Kevin Harvick, cujo nome é o do dono (o ainda piloto venceu em todas as categorias), é uma das equipes que disputa as duas categorias consideradas de acesso da Nascar - a Truck Series, de pickups, na qual foi campeão em 2007, e a Nationwide Series. Para chegar a disputar a Nascar, o piloto precisa acumular quilometragem em uma delas.

Como referência, o modelo do carro que Nelsinho utilizará é um GM Silverado adaptado às corridas - carro que pode chegar a 300 km/h de média. Seu companheiro de equipe, Ron Hornaday, é campeão da categoria e tem um temperamento considerado explosivo. "Será um ótimo benchmark (ponto de referência) para mim. Só tenho que ficar um pouco mais agressivo, esse é o jeito americano de pilotar", resumiu Nelsinho, que ainda não bateu.

Em 2010, Nelsinho disputou quatro etapas da categoria, e ainda correu em uma da Nationwide, na qual foi sétimo colocado. "Foi um aprendizado para escolher, agora vou para me estabelecer". Ele será o primeiro piloto do País a disputar o campeonato inteiro. A estreia na temporada 2011 será em 18 de fevereiro, na abertura do campeonato, no superoval de Daytona. Serão 25 provas em todo o ano.

Para disputar a categoria, o brasileiro leva patrocínios. Receberá salário de acordo com a divisão de faturamentos (que inclui prêmios, o que é um padrão nessas categorias). O custo de participação da temporada é de cerca de US$ 3 milhões.

CASO RENAULT

Nelsinho Piquet foi breve ao comentar a vitória sobre a equipe Renault na Justiça - será indenizado, além do pedido público de desculpas, por ter sido chamado de mentiroso pelo caso ocorrido no GP de Cingapura de 2008, quando bateu de forma proposital para beneficiar Fernando Alonso, então seu companheiro de equipe.

"Foi um episódio infeliz, errei, peço desculpas. Com certeza é passado e nunca vou repetir. Cheguei imaturo, passou, agora estou na Nascar, esse é meu plano agora. Mas nunca vou dizer que não volto mais (à Fórmula 1)", explicou. Ele admitiu ter sido sondado pela então postulante à equipe de F1 Viper, no começo deste ano. E por mais nenhuma outra escuderia.

Leia Também