Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Nelsinho aconselha André a apoiar candidatura de Dilma

23 FEV 10 - 03h:52
Para evitar a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha de José Orcírio dos Santos (PT) à sucessão estadual, o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), aconselhou o governador André Puccinelli (PMDB) a apoiar a candidatura da ministra- chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à Presidência da República. O governador ficou de pensar no caso. Lula deixou claro a Nelsinho que virá a Mato Grosso do Sul fazer corpo a corpo e comício para José Orcírio se André apoiar o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), à Presidência da República. Nelsinho declarou ontem que caberá a Puccinelli decidir o melhor caminho na próxima campanha eleitoral. André não tem dúvida do efeito do peso político-eleitoral do presidente Lula na campanha do seu adversário José Orcírio. Em Três Lagoas, durante visita à fábrica de papel e celulose, o governador declarou a sua disposição de caminhar ao lado do presidente na campanha eleitoral. A sua decisão, no entanto, está dependendo do desfecho de alguns fatores, como a aprovação na convenção nacional da aliança do PMDB com o PT e a retirada da candidatura de José Orcírio da disputa pelo Governo do Estado. A tendência é de o PMDB fazer aliança com o PT indicando, inclusive, o vice de Dilma. O nome mais cotado é o do presidente nacional do partido, deputado federal Michel Temer (SP), que tem ótima relação com André. Lula comentou com Nelsinho, durante voo de Brasília a Três Lagoas, que não vai pedir a José Orcírio a desistência de concorrer à eleição. Ele sabe também que a candidatura do petista pode atrapalhar a reeleição de André Puccinelli. O presidente reforçou o seu propósito de ficar neutro na campanha eleitoral em Mato Grosso do Sul se André ficar com Dilma. Ele aceita dois palanques para a ministra, porém não vai ficar calado se o governador apoiar a candidatura de José Serra na corrida presidencial. Nelsinho deu recado de Lula a André. O governador recebeu o aviso do presidente com apreensão. Ele não gostaria, evidentemente, de vê-lo engajado na campanha do seu maior rival na sucessão estadual. Mas também não gostaria de tomar decisão precipitada antes de saber como ficará José Serra na disputa presidencial. Por isso, o seu desejo é definir o futuro na campanha até dia 31 de março. Além de enfrentar José Orcírio, tendo ao seu lado o presidente Lula, o governador poderá ter o PSDB combatendo a sua reeleição se montar palanque para Dilma. Se André ainda está indefinido, o prefeito Nelsinho Trad é uma das grandes lideranças do PMDB que fecharam com a candidatura de Dilma. Ele é hoje o político peemedebista com maior acesso ao Planalto, tem o respeito e admiração de Lula e é grande amigo da ministra- chefe da Casa Civil.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

QUEDA DE 0,72%

Dólar cai a R$ 4,11 com fala de Powell e abertura de capital da XP

Justiça determina que PRF volte a usar radares móveis em rodovias
LIMINAR

Justiça determina que PRF volte a usar radares móveis em rodovias

Corregedoria do TJ abre procedimento para apurar caso de tortura de criança adotada em MS
INTERNADO

TJ abre procedimento para apurar caso de tortura de criança adotada em MS

Julgamento de recurso de PRF que matou empresário é adiado
PEDIDO DA DEFESA

Julgamento de recurso de PRF que matou empresário é adiado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião