Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Nayara não participa da simulação do sequestro

Nayara não participa da simulação do sequestro
19/11/2008 16:00 -


     

 


                

A simulação da morte de Eloá Cristina Pimentel, 15 anos, realizada hoje (19) em Santo André, São Paulo, não contou com a participação de Nayara Rodrigues, 15 anos. Foi divulgado que a simulação, que começou no fim da manhã, terminaria na noite de hoje, mas os trabalhos já foram concluídos. A primeira parte reproduziu a entrada de Lindemberg Alves no imóvel, já na segunda parte houve a reprodução do momento em que Nayara Rodrigues libertada e horas depois retornou ao apartamento e voltou a ser mantida refém pelo rapaz e depois, foi reconstituído o momento em que a Polícia Militar invadiu o imóvel.

Nayara não participou dos atos, mas orientou uma policial. Participaram da reprodução do crime dois desenhistas, um médico-legista e um fotógrafo, policiais, quatro peritos, além de 100 PMs.


Com informações da Folha Online
                

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.