sábado, 21 de julho de 2018

Copa do Brasil

Naviraiense perde para o Santo André

17 FEV 2011Por Futebol Interior08h:27

O Naviraiense estreou na Copa do Brasil com derrota para o Santo André por 2 a 1, na noite de ontem, no Estádio Virotõ, em Naviraí. Com o resultado, as duas equipes voltam a jogar na próxima quarta-feira, dia 23, no ABC Paulista.

Primeiro tempo

Muito mais do que uma partida de futebol, o confronto entre Naviraíense e Santo André marcava uma nova era na cidade de Naviraí. A partida marcava a inauguração dos refletores no Estádio Virotão. Com isto, pela primeira vez uma partida seria disputada à noite na cidade.

Depois de grande festa na entrada dos clubes, o Naviraíense partiu para cima no começo do jogo. As principal arma do time sul-matogrossense era pelo lado esquerdo apostando na velocidade do lateral-esquerdo Adriano Chuva. Na melhor das chances, o ala foi até a linha de fundo e cruzou. Livre de marcação, Juninho errou no cabeceio e a tocou por cima do gol.

Melhor em campo, o time da casa viu sua vantagem diminuir quando Juninho foi expulso. O atacante fez falta dura em Gilberto e recebeu cartão vermelho direto. Com um a mais o Santo André cresceu no jogo e começou a criar boas chances de gol.

O principal articulador de jogadas do time paulista era Aloísio, um dos titulares que não foram poupados por Pintado. De seus pés saíram a chance mais clara de gol do Ramalhão. O meia dominou na intermediária e bateu forte. A bola passou raspando o poste do goleiro Éder.

Segundo tempo

O Santo André voltou dos vestiários mais concentrado e dominou a partida. Com um a mais, o Ramalhão tocou a bola e esperou uma falha defensiva para abrir o placar. Aos 16 minutos, Edilson fez boa jogada pela esquerda e cruzou. A bola veio à meia altura, mas Célio Codó antecipou a marcação e, de peixinho, tocou para o fundo das redes.

A resposta do time da casa veio no lance seguinte. Altino tabelou com Rudson, invadiu a área e bateu forte. Bem posicionado, Neneca fez boa defesa e espalmou para a linha de fundo. Fatal, o Santo André seguia tranquilo em busca da classificação. Aos 23 minutos, a segunda fase ficou mais parte com o gol de Victor Hugo.

Em cobrança de falta ensaiada, a bola foi alçada para a área, Borebi ajeitou para o meio da área e o zagueiro do Ramalhão tocou de cabeça para o fundo do gol. Mesmo atrás no marcador, o Naviraiense cresceu, principalmente, com a entrada de Nelson Júnior. Com velocidade, o meia levou muito perigo ao gol do Ramalhão.

Aos 31 minutos, Nelson arriscou de fora da área e obrigou Neneca a fazer grande defesa. No minuto seguinte, ele se aproveitou de um falha do camisa um do Santo André na saída de bola e diminuiu o marcador.

Ficha Técnica

Naviraíense 1 x 2 Santo André

Local: Estádio Virotão, em Naviraí-MS Público: 1.748 pagantes Renda: R$ 45.730,00 Árbitro: Nilo Souza-PR Assistentes: Luiz Renesto-PR e Ricardo Neves-PR Cartões amarelos: Gilberto e Walax (Santo André) Cartão vermelho: Juninho (Naviraíense) Gols: Nelson Junior, aos 32’/2T (Naviraíense); Célio Codó, aos 16’/ 2T e Victor Hugo, aos 23’/2T (Santo André)

Naviraíense Eder; Altino, Telson, Téssio e Adriano Chuva; Zé Eduardo, Buru, Cacau e Fagner (Nelson Júnior); Adaílton (Rudson) e Juninho. Técnico: Anselmo de Souza.

Santo André Neneca; Edvan, Altair Silva, Vitor Hugo e Gilberto (Edilson); Mário Jara, Alex Silva, Walax e Aloísio (Dênis); Luciano Fonseca (Celio Codó) e Borebi. Técnico: Pintado.

Leia Também