Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sábado, 23 de fevereiro de 2019 - 18h06min

Naviraiense e Rio Verde encerram semifinais de MS

12 MAI 10 - 00h:27
JAKSON PEREIRA

A Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul remarcou para amanhã, às 10h, no Estádio Virotão, a partida entre Naviraiense e Rio Verde, pelas semifinais do Campeonato Estadual, que estava agendada para o último domingo.
No primeiro confronto entre os dois times, disputado em Rio Verde, o time da casa vencia por 2 a 1, quando a partida foi encerrada por causa de uma confusão generalizada. O resultado tirou a invencibilidade do atual campeão estadual na competição.
Na segunda-feira à noite, o Tribunal de Justiça Desportiva do Estado validou o resultado, pois o jogo foi encerrado aos 42 minutos do segundo tempo, quando restava menos de três minutos para o fim. A corte ainda anunciou a punição dos jogadores Moreira, com cinco jogos, e Jaime, com oito, ambos do time de Naviraí, por envolvimento na confusão.
Precisando vencer a partida de hoje para levar a decisão para os pênaltis, o Naviraiense não terá no banco de reservas o técnico Paulo Resende, que também foi suspenso com três partidas por agredir verbalmente o vice-presidente da federação, Marcos Tavares, durante a seletiva para o Brasileiro da Série D. O preparador físico Eliseu dos Santos será o comandante da equipe.
Em relação ao time de Rio Verde para confronto de amanhã, Saymon, que sofreu um profundo corte na cabeça durante a confusão na primeira partida, e Todinho, que foi expulso, estão fora da partida.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Governo informa que dois caminhões com ajuda entraram na Venezuela

BRASIL

Bolsonaro resgata medidas rígidas que foram propostas pelo PT

Comercial tropeça para Costa Rica e adia classificação
ESTADUAL 2019

Comercial tropeça para Costa Rica e adia classificação

VENEZUELA

'Dia D' de missão humanitária na Venezuela tem confrontos com militares

Mais Lidas