Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

campeonato brasileiro

Náutico vence a Ponte e ofusca o 100º jogo de Kleina

18 JUL 2012Por uol22h:39

Kieza não poderia imaginar uma melhor reestreia. Em sua primeira partida pelo Náutico após seu retorno, o atacante marcou duas vezes e teve boa atuação na vitória da equipe pernambucana por 3 a 0 nesta quarta-feira, nos Aflitos, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Souza marcou o outro gol da partida. Com o resultado, o time alvirrubro se recuperou do revés para o Corinthians e se afastou ainda mais das últimas posições. Os paulistas, por outro lado, perderam a chance de encostar no G-4 e viram ser ofuscada a 100ª partida do técnico Gilson Kleina pelo clube.

A partida iniciou com o Náutico tentando impor seu ritmo desde os primeiros minutos. Atuando com três atacantes, a equipe pernambucana explorava as jogadas pelos lados do campo, mas tinha dificuldade para concluir para o gol da Ponte Preta. Os paulistas atuavam mais recuados para tentar acionar André Luiz e Roger na frente.

Apoiado pela sua torcida, os alvirrubros chegaram pela primeira vez com perigo após uma boa trama do seu ataque, aos 12. Elicarlos recebeu passe na entrada da área, finalizou com efeito e Edson Bastos fez a defesa. A jogada, porém, acabou sendo isolada porque os donos da casa passaram a esbarrar no bom sistema defensivo do adversário.


O jogo acabou caindo de ritmo na marca dos 30 minutos porque os dois times demonstravam pouca inspiração. A Ponte Preta não conseguia mais assustar nos contra-ataques e o Náutico errava no passe decisivo. Mesmo assim, eram os donos da casa que ficaram mais próximos do gol, principalmente em jogadas de bola parada.

De tanto insistir, a equipe pernambucana acabou saindo na frente. Rhayner finalizou dentro da área, Edson Bastos defendeu e Kieza marcou no rebote, aos 35. O atacante não escondeu a emoção com o gol logo em sua reestreia e beijou o escudo do clube antes de apontar para as arquibancadas.

O Náutico continuou melhor em campo e continuou perigoso em jogadas originadas em escanteios e faltas. Em uma delas, aos 44, Kieza chegou a marcar mais um gol, mas a arbitragem anulou acertadamente. Assim, a primeira etapa terminou mesmo com a vitória do time pernambucano por 1 a 0.

Os dois times retornaram para o segundo tempo com novidades. No Náutico, Ramirez entrou no lugar de Martinez e na Ponte Preta, Gerônimo deu lugar a Cicinho. Os paulistas iniciaram tentando empatar o jogo e criaram boas chances, mas os pernambucanos respondiam com contra-ataques perigosos.

E foi desta maneira que o Náutico conseguiu chegar ao segundo gol. Após uma boa troca de passes, Souza recebeu de Araújo e acertou um forte chute no ângulo direito de Edson Bastos, aos 15. Com os 2 a 0, o time pernambucano passou a controlar sua vantagem e evitou qualquer chance da Ponte Preta reagir. As jogadas em velocidade deixaram os pernambucanos próximos de marcarem mais gols e no final da partida, aos 42, Kieza acabou fechando o marcador com um forte chute após passe de Rhayner da direita.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também