Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

estádio dos aflitos

Náutico afunda o Figueirense com vitória

29 AGO 2012Por terra23h:27

O Náutico foi para os vestiários perdendo por 2 a 0 para o Figueirense nesta quarta-feira, no Estádio dos Aflitos, na primeira partida do returno do Campeonato Brasileiro. Tranquila após o intervalo, a equipe pernambucana pressionou e chegou à virada com dois gols de Elicarlos e um Souza, na vitória por 3 a 2 que deu sequência ao bom primeiro turno realizado pelos comandados de Alexandre Gallo.

Na 21ª rodada da competição, o Náutico vai a Minas Gerais enfrentar o Cruzeiro no Estádio Independência. O Figueirense, por sua vez, recebe o Fluminense no Estádio Orlando Scarpelli na expectativa de uma reação na tabela.

O resultado levou o Náutico a 27 pontos, que levam a equipe pernambucana à nona colocação do Campeonato Brasileiro. Já o Figueirense fica estacionado com apenas 14 pontos em 20 jogos e se complica na competição. O Bahia, primeiro fora da zona de rebaixamento, está a seis pontos dos catarinenses, lanternas do torneio.

Logo aos 2min, o centroavante Kim recebeu na corida dentro da área e driblou Wilson. Batido no lance, o goleiro empurrou o atacante do Náutico e foi flagrado pelo árbitro Wagner Reway, que acompanhava a jogada de perto, viu a infração e marcou pênalti para a equipe pernambucana. Na cobrança, Araújo bateu rasteiro, no canto direito de Wilson, que pulou para o lado certo e encaixou, salvando os catarinenses.

O time catarinense não se intimidou com a pressão inicial e saiu na frente no marcador com Caio, que se aproveitou de uma rebatida de Gideão em jogada de bola parada e apenas tocou para o fundo das redes de dentro da pequena área, aos 10min.

O segundo do clube visitante veio nove minutos depois, com Aloísio, que recebeu passe de Elsinho na marca do pênalti, dominou de pé esquerdo e fuzilou de direita, sem chance para Gideão. O Náutico sentiu o golpe e só foi conseguir imprimir seu ritmo na partida na etapa complementar.

Nela, os donos da casa alcançaram o empate em um intervalo de seis minutos, com dois gols do volante Elicarlos, que realizou seu ojogo de número 150 com a camisa do Náutico. O primeiro deles, porém, foi convertido em posição irregular, aos 13min, enquanto o segundo, aos 19min, veio após confusão dentro da área. Martinez dividiu de cabeça e Elicarlos ficou com a sobra, tocando na saída de Wilson para igualar o marcador.

A virada do time pernambucano veio aos 30min. Em uma falta levantada na grande área do Figueirense, a defesa da equipe visitante fez uma linha de impedimento e ficou esperando o trio de arbitragem marcar a infração. Sem marcação, o volante Souza recebeu e teve tranquilidade para finalizar firme e estufar as redes de Wilson.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também