Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

terça, 19 de fevereiro de 2019 - 22h13min

CAMPO GRANDE

Nas feiras dos bairros, economia e lazer estão mais perto de casa

10 AGO 12 - 00h:00MILENA CRESTANI

 

Todas as semanas, às terças e às quintas-feiras, a Avenida Marinhano Bairro Coophavila II, em Campo Grande, transforma-se. No lugar dos carros, dezenas de barracas são montadas ao longo da principal via do bairro. É assim em diferentes regiões de Campo Grande, onde os moradores podem encontrar produtos diversificados e de qualidade perto de casa. Em toda a cidade, são mais de 58 feiras, que também proporcionam economia aos consumidores em diversos produtos.

Tradicionais em Campo Grande, as feiras oferecem de tudo: roupas, acessórios, brinquedos, doces caseiros, queijos, além de uma infinidade de frutas, verduras e legumes, todos frescos. Também é um espaço de lazer, pois as famílias aproveitam as compras para fazer um lanchinho. São pastéis, salgados em geral, espetinhos, acompanhados de arroz, mandioca e vinagrete, entre outros.

A avenida muda de cara, de som, com as vozes dos feirantes chamando os clientes e oferecendo os produtos, e de cheiro, com os pastéis e coxinhas fritos na hora ou os espetinhos de carne e linguiça assados em churrasqueira montada ao lado de mesas postas na calçada.

Leia mais no jornal Correio do Estado

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CRISE NO GOVERNO

Contra crise, Bolsonaro pede que equipe trate Bebianno como 'página virada'

FUTEBOL 2019

Elenco do Fluminense faz greve e não treina em protesto por falta de salários

BRASIL

Pacote anticrime não atrapalha andamento da reforma da Previdência, diz Moro

CRISE NO GOVERNO

Exonerado, Bebianno retira foto com Bolsonaro em rede social

Mais Lidas