Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 22 de fevereiro de 2019 - 17h35min

Nariz aprende a identificar "cheiro" do perigo

2 ABR 08 - 22h:00
     

 

 

O medo pode aguçar o sentido do olfato em uma pessoa a ponto de que ela passe a associar rapidamente um odor que sentiu no passado a uma situação de perigo e a distinguí-lo de outros semelhantes, de acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos. Os pesquisadores da Escola de Medicina Feinberg, da Universidade Northwestern, no Estado de Illinois, submeteram 12 jovens saudáveis a testes envolvendo dois odores muito similares enquanto registravam imagens de ressonância magnética de seus cérebros.

 

Primeiro, os participantes tiveram que cheirar o conteúdo de duas garrafas. O odor era quase idêntico, com uma variação química sutil. Eles não conseguiram discriminar os aromas. Depois tiveram que cheirar o conteúdo de uma das garrafas novamente enquanto eram submetidos a uma situação de desconforto - a aplicação de um choque elétrico de baixa intensidade em sua perna. Logo eles aprenderam a distinguir este cheiro específico do outro, que era bastante similar. Para Wen Li, coordenador do estudo, essa é uma habilidade resultante da evolução.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

OAB critica
INTERNAÇÃO COMPULSÓRIA

OAB critica "higienização social" proposta por lojistas

Sobrecarga e falta de insumos obrigam transferência de pacientes de HR e HU
URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

Sobrecarga e falta de insumos obrigam transferência de pacientes de HR e HU

Fogo em circo pode ter começado  por problemas na fiação elétrica
JARDIM LOS ANGELES

Fogo em circo pode ter começado por problemas na fiação elétrica

Bandeira tarifária da conta de luz continua verde em março
ENERGIA

Bandeira tarifária da conta de luz continua verde em março

Mais Lidas