GOLEADA

Não foi uma maravilha, diz Felipão

Não foi uma maravilha, diz Felipão
03/03/2011 11:13 - Folha


Ciente de que o Palmeiras precisa melhorar mesmo após a goleada sobre o Comercial-PI, por 5 a 1, nesta quarta-feira, no Pacaembu, pela Copa do Brasil, o técnico Luiz Felipe Scolari afirmou que o desempenho da equipe não condiz com o placar final da partida.

O time alviverde venceu com quatro gols de Adriano e um de Gabriel Silva. Mas o triunfo só começou a ser construído depois que o time do Piauí teve dois jogadores expulsos.

"A gente não pode enganar o telespectador de que 5 a 1 foi fantástico. Tem que dizer que foi muito bom, mas foi onze contra nove. Não vamos ficar achando que foi uma maravilha. Não foi assim", afirmou.

O Palmeiras marcou os cinco gols na etapa final. Felipão deu a entender que a conversa durante o intervalo foi um fator importante para a mudança de postura da equipe, que errou muitas finalizações nos primeiros 45 minutos.

"Eu não posso dizer o que eu disse no vestiário porque não vale a pena. Um pouco de desabafo, cobrança, solidariedade. Coisa de técnico".

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".