Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Não damos conta dos "processos"

8 MAR 09 - 23h:12
     

São Paulo

"O STF não é bonzinho, não passa a mão na cabeça de quem cometeu infrações", declarou o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal. Ele não admite falhas na atuação da corte. "Não falhamos. O STF é sobrecarregado, tem uma competência muito grande. Praticamente não damos conta dos processos, muito menos temos tempo."

O ministro reconhece: "Não somos afeitos a instruir processos, tanto que nós delegamos interrogatórios e depoimentos à primeira instância e aí isso implica atraso porque sempre exige deslocamentos. Atuamos mediante provocação do Ministério Público. Antes, dependíamos de licença das casas legislativas. Além disso, muitas vezes o processo vem lá debaixo, antes de o parlamentar ser diplomado, com muito tempo já transcorrido."

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Juiz e advogados trocam farpas sobre Lei de Abuso de Autoridade
MILÍCIA ARMADA

Juiz e advogados trocam farpas sobre Lei de Abuso de Autoridade

VEJA O VÍDEO

Demora de 1h foi 'gota d'água', diz mulher que protestou em terminal

Doméstica estava a caminho do trabalho e ajudou a bloquear a saída dos ônibus
Após licitação, instalação de estações de ônibus deve começar em 2020
TRANSPORTE PÚBLICO

Instalação de estações de ônibus deve começar em 2020

Deputados apresentaram 63 projetos de lei em nove meses
FEDERAIS

Deputados apresentaram 63 projetos de lei em nove meses

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião