Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Não damos conta dos "processos"

8 MAR 09 - 23h:12
     

São Paulo

"O STF não é bonzinho, não passa a mão na cabeça de quem cometeu infrações", declarou o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal. Ele não admite falhas na atuação da corte. "Não falhamos. O STF é sobrecarregado, tem uma competência muito grande. Praticamente não damos conta dos processos, muito menos temos tempo."

O ministro reconhece: "Não somos afeitos a instruir processos, tanto que nós delegamos interrogatórios e depoimentos à primeira instância e aí isso implica atraso porque sempre exige deslocamentos. Atuamos mediante provocação do Ministério Público. Antes, dependíamos de licença das casas legislativas. Além disso, muitas vezes o processo vem lá debaixo, antes de o parlamentar ser diplomado, com muito tempo já transcorrido."

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ARTIGO

Venildo Trevizan: "Palavras e atitudes"

OPINIÃO

Maria Rita de Souza Mesquita: "Saúde da população em risco"

1° TABELIONATO DE PROTESTO

Edital de Intimação do município de Campo Grande 20/07/2019

Felpuda

Mais Lidas