Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Na busca por alianças, PMDB pode buscar entendimento com o PT

Na busca por alianças, PMDB pode buscar entendimento com o PT
07/04/2008 20:43 -


     

Livia Ferreira, Karine Cortez e Maria Matheus

 

O PMDB decidiu buscar aliança com grande parte dos partidos para as eleições municipais e reforçou a hipótese de buscar apoio até do principal rival no Estado, o PT, em algumas regiões. Ficou definido ainda que o governador André Puccinelli (PMDB) vai participar da campanha eleitoral onde os partidos aliados não estiverem em confronto.

O presidente do PMDB, deputado federal Waldemir Moka, ficou encarregado de discutir alianças para as eleições municipais com os presidentes de partidos aliados ao Governo André Puccinelli. A missão foi oficializada ontem, em reunião do governador com representantes da base aliada.

"Vamos tentar fazer entendimentos em cada município. Vou procurar individualmente os presidentes de partidos e fazer o arco de alianças possível", disse Moka. "Os diretórios municipais têm autonomia para decidir candidaturas e alianças, mas vamos ajudar", afirmou.

        Participaram da reunião com o governador representantes de 14 partidos que apoiaram sua candidatura em 2006. Entre eles, estavam Ari Rigo (PDT), Londres Machado (PR), Luiza Ribeiro (PPS), Reinaldo Azambuja (PSDB) e Zé Teixeira (DEM).

Felpuda


Prefeitura de município do interior de MS recebeu recomendação do Ministério Público do Estado no sentido de exonerar servidores comissionados, livres do cartão de ponto, que são parentes de secretários da administração e de vereadores. O nepotismo se tornou um excelente “negócio” por lá, e se até o dia 6 de agosto as devidas providências não forem tomadas, medidas serão adotadas, como ação por improbidade administrativa. Tem gente que não aprende mesmo, né?