Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 11 de dezembro de 2018

100% de desconto

Mutuário da Emha tem até dia 06 para renegociar dívidas

1 ABR 2011Por ROSANA SIQUEIRA00h:02

Mutuários inadimplentes com a Emha (Agência Municipal de Habitação em Campo Grande) tem prazo até a próxima quarta-feira (06 de abril) para quitar suas dívidas com desconto de até 100% nos juros, multa e honorários e mais 20% sobre o saldo principal atrasado. O alerta foi feito pelo diretor da agência, Paulo Matos. 

A Ehma estima que a dívida esteja em torno de R$ 15 milhões.

O benefício que está previsto na lei n.º169, do projeto Morar Bem Azul, visa regularizar a titularidade e facilitar a renegociação ou antecipação do saldo devedor dos débitos referentes aos imóveis pertencentes a esta carteira imobiliária.

A partir do dia 06 a renegociação continuará sendo feita mas com desconto de 50% dos juros e 10% sobre o saldo atrasado.

Segundo o diretor da agência, além da renegociação dos débitos, a campanha visa sanear o cadastro da Ehma, onde 70% dos mais de 20 mil mutuários tem problemas com titularidade. "Muitas pessoas estão buscando os serviços para regularizar o imóvel, mas queremos atingir um número ainda maior", frisou. Os beneficiários poderão regularizar a titularidade das casas e promover a quitação integral do imóvel ou amortização parcial do saldo devedor.  

Por isso ele fria que esta é uma grande oportunidade para as pessoas que querem regularizar sua situação junto à Agência, aproveitando os benefícios desta primeira etapa do programa.

“Estamos com horário especial de atendimento ao público: das oito da manhã às cinco da tarde, sem intervalo para almoço”, frisou

Para mais informações, o interessado poderá se dirigir ao setor de cadastro na sede da Emha, localizada na Travessa Iria Loureiro Viana, 415, Vila Oriente.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também