Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

quinta, 21 de fevereiro de 2019 - 12h56min

Mutirão jurídico vai atender presidiárias de MS

20 FEV 08 - 09h:05
     

        Cerca de mil detentas devem ser atendidas no mutirão jurídico que será realizado pela Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul e a Coordenadoria Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres. Ontem (19), durante uma vídeo-conferência realizada na Assembléia Legislativa, foram lançadas as diretrizes do mutirão, cuja minuta será repassada pelo Ministério da Justiça. O prazo para a realização do mutirão jurídico é de um ano.

         

         

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Deputados avaliam alternativas para reduzir impacto da Cota Zero
MEIO AMBIENTE

Deputados avaliam alternativas sobre impacto da Cota Zero

Campo Grande deve voltar a fazer parte das grandes competições vôlei
VIVAVÔLEI

Capital deve voltar a fazer parte das competições vôlei

Damares diz que vai rever  atuação de ONGs na Funai
AUDIÊNCIA PÚBLICA

Damares diz que vai rever
atuação de ONGs na Funai

Prefeito considera redução da atuação da guarda como retrocesso
DECISÃO JUDICIAL

Redução da atuação da guarda é retrocesso, diz Prefeito

Mais Lidas