Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Música é um canal importante

26 MAR 10 - 05h:32
Os católicos não ficam de fora da união expressão artística/fé. Assim como no caso dos evangélicos, a música tem sido um canal para chamar a atenção daqueles que estavam distantes da prática religiosa ou mesmo motivando os fiéis a se dedicarem mais à rotina da igreja. “Observo que isso tem acontecido. Veja o caso do padre Jonas, da Canção Nova, que tem feito um trabalho muito importante em torno da música, tornando-se chamariz para muitas pessoas”, destaca o padre Osmar Augusto Bezutte, assessor para liturgia da Arquidiocese de Campo Grande. Ele destaca que, recentemente, os cantores e grupos católicos ganharam espaço antes ocupado em maior número pelos evangélicos. Atualmente, aponta que a nova geração musical católica consegue, ainda, incluir músicas nas missas, fato que gera certo desconforto, já que existe repertório próprio para o ritual litúrgico. Por outro lado, é o tipo de canção que chama a atenção de público amplo. O padre ainda aponta a desvantagem da Igreja Católica em relação à música quando comparada com as evangélicas. “A católica, ao longo dos anos, descuidou-se muito da parte musical. Antigamente, por exemplo, havia órgãos nas igrejas; hoje, isso quase não acontece mais. Sem contar que poucos sabem ler partitura musical, enquanto nas evangélicas é maior o conhecimento nessa área”. Por parte dos evangélicos, quase todas as manifestações artísticas são defendidas. “Até as igrejas que não valorizavam a dança estão fazendo isso agora. Todas as formas de arte são maneiras de louvar e mostrar a fé”, enfatiza Ronaldo Batista. (OR)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Delegacia passa a atender em novo endereço a partir desta quarta-feira
FIQUE ATENTO!

Delegacia assa a atender em novo endereço a partir desta quarta-feira

CCJ da Câmara adia votação da PEC da segunda instância
BRASÍLIA

CCJ da Câmara adia votação da PEC da segunda instância

Porto Murtinho entra em situação de emergência por conta de erosão em barragem
DECRETO

Porto Murtinho entra em emergência por conta de barragem

Estados discutem mudanças em regras para cobrança do ICMS
TRIBUTO

Estados discutem mudanças em regras para cobrança do ICMS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião