Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

capital

Museu recebe mostra de cinema e vídeo

22 MAI 2011Por DA REDAÇÃO06h:00

O Museu da Imagem e do Som (MIS), instituição vinculada à Fundação de Cultura do Estado de Mato Grosso do Sul (FCMS), apresenta entre os dias 23 e 27 de maio a Mostra Itinerâncias Rumos Itaú Cultural Cinema e Vídeo, com exibição gratuita de 15 dos 21 trabalhos selecionados no edital referente ao biênio 2009-2011 do programa.


São três categorias contempladas: Documentários para Web; Filmes e Vídeos Experimentais; e Espetáculos Multimídia. As obras compõem um panorama coerente das muitas possibilidades de expressão por meio da linguagem audiovisual. Atenta às nuances dessas produções, esta mostra se estende para além das telas e ocupa o palco das performances, o espaço expositivo e a internet.


Em atividade desde 1997, o Rumos Itaú Cultural é um programa de apoio à produção artística e intelectual sintonizado com a criatividade brasileira, que vem colaborando para o fomento e o desenvolvimento de centenas de obras e de artistas das mais variadas expressões e regiões do país.


O caráter nacional do programa mobiliza artistas, especialistas, pesquisadores e instituições parceiras, que fazem da cultura uma linguagem comum de fortalecimento da cidadania e das características múltiplas do povo brasileiro. Os produtos gerados pelo programa são distribuídos gratuitamente a instituições culturais e educacionais e disponibilizados para emissoras de TV parceiras e neste site.


Confira a programação:


Dia 23 de maio (segunda-feira)
14h - “Alquimia da Velocidade”
Arthur Omar, Rio de Janeiro, 2010, 55 min
Sinopse: Fotografado em 2002 no Afeganistão, durante uma viagem do artista à zona de guerra, o filme apresenta cenas do violento jogo do buskashi. Dois grupos de cavaleiros combatem pela posse de uma carcaça de bode decepado. As imagens foram captadas com uma câmera amadora de baixa definição e têm seu tempo dilatado até o limite da imobilidade, em que a luta dos corpos fica suspensa no ar. O efeito geral de high indefinition se alia às teorias cromáticas de Goethe, para quem luz e escuridão travam a luta mortal que vai gerar o espectro visível das cores. Filme experimental low tech, inclui um trem, prismas e algumas figuras angelicais. A obra é dedicada à figura simbólica do cavalo, sobre o qual vem montado o apocalipse. A viagem do artista foi realizada a convite da 26ª Bienal de São Paulo.


15h30 - Documentários para Web (+/- 1h de exibição no total):
- O Céu Nos Observa (8’)
- O Som do Tempo (8’)
- Polivolume: Conexão Livre (8’)
- O Voo de Tulugaq (8’)
- Sinfonia (8’)
- Satelite Bolinha (8’)


Dia 24 de maio (terça-feira)
14h - “Enquadro Episódio 2: Tiaguinho da Redenção”
Casadalapa, São Paulo, 2010, 26 min
Sinopse: Enquadro é uma série em que cada capítulo retrata um drama específico de um personagem e de seu espaço. Os filmes compõem um painel de São Paulo por meio de grafite, foto, audiovisual e música. Tiaguinho da Redenção é o personagem do segundo capítulo. O episódio investiga seu desaparecimento. Diversas hipóteses já haviam sido anunciadas em Enquadro 1, mas qual seria a verdadeira? A criação do personagem está diretamente ligada ao barracão de uma pequena escola de samba, localizado em um viaduto no Itaim Paulista. Participam do filme grupos de grafite, música e teatro, como Treme Terra, Cia Linhas Aéreas e Pia Fraus.


- “Museu dos Corações Partidos”
Inês Cardoso, São Paulo, 2010, 15 min
Sinopse: Projeto criado na internet, com depoimentos de anônimos pelo Skype sobre rompimentos amorosos. Tal matéria poética colabora para o desenvolvimento de uma cartografia das relações.
- “Casa-Construção”
Katia Maciel, Rio de Janeiro, 2010, 15 min, DVCAM e XDCAM
Sinopse: Mostra o diálogo entre um homem e uma mulher. Na primeira sequência, acompanha-se o percurso da mulher pela casa e ouve-se apenas sua voz. Na segunda sequência, a situação se inverte. Nos últimos cinco minutos, o diálogo do casal é finalmente visto e ouvido.
15h30 - “Desassossego (Filme das Maravilhas)” (63’) – RJ


Dia 25 de maio (quarta-feira)
14h - “Plataforma”
Cinemata, Minas Gerais, 2010, 26 min
Sinopse: Véspera de feriado, no saguão de uma rodoviária os viajantes começam pouco a pouco a descer as escadas, atendendo às chamadas de embarque. Largam para trás, no entanto, suas bagagens. O projeto faz parte da série Unus Mundus, que investiga a relação entre acontecimentos únicos e ocorrências múltiplas.

- “Cellphone”
Daniel Lisboa, Bahia, 2010, 15 min
Sinopse: Celulares aos milhares, aos milhões. Aparelhos, linhas, operadoras, números, usuários. Nem a cidade nem o homem são capazes de viver sem suas próteses comunicacionais. Cellphone é uma intervenção no universo das ondas telefônicas invisíveis.
- “A Redação”
Andréa Midori Simão e Thiago Faelli, São Paulo, 2010, 26min30s
Sinopse: Com entrevistas, fragmentos de curtas e trechos ficcionais, o filme é a descoberta da relação afetiva entre a diretora e seu pai.
- “A Verdadeira História da Bailarina de Vermelho”
Alessandra Colassanti e Samir Abujamra, Rio de Janeiro, 2010, 15 min
Sinopse: Documentário ficcional em que uma dançarina de um dos quadros de Degas abandona a tela, ganha o mundo e desaparece no carnaval carioca. Mistura de universo acadêmico, arte de vanguarda e submundo do sexo, o filme conta com locações em Paris, Nova York e Rio de Janeiro.
15h30 - “Alquimia da Velocidade” (55´) – RJ


Dia 26 de maio (quinta-feira)
14h - Documentários para Web (+/- 1h de exibição no total):
- O Céu Nos Observa (8’)
- O Som do Tempo (8’)
- Polivolume: Conexão Livre (8’)
- O Voo de Tulugaq (8’)
- Sinfonia (8’)
- Satelite Bolinha (8’)
15h30 - “Enquadro Episódio 2: Tiaguinho da Redenção” (26’) – SP
“Museu dos Corações Partidos” (15’) - SP
“Casa-Construção” (15’) – RJ


Dia 27 de maio (sexta-feira)
14h - “Desassossego (Filme das Maravilhas)”
Felipe Bragança e Marina Meliande, Rio de Janeiro, 2010, 63 min
Uma carta de amor e raiva, escrita por Bragança em 2007, foi enviada a 12 cineastas, que dirigiram dez fragmentos do filme tendo como mote as sensações que fazer cinema desperta atualmente no Brasil. Com a carta, o filme será enviado por correio a 2.010 pessoas.
15h30 - “Plataforma” (26´) – MG
“Cellphone” (15’) – BA
“A Redação” (26’) - SP
“A Verdadeira História da Bailarina de Vermelho” (15’) – RJ


Local: Memorial da Cultura e Cidadania, Av. Fernando Corrêa da Costa, 559, 3º andar, centro, Campo Grande, MS
Informações: 67 3316 9178 – mis.de.ms@gmail.com

www.fundacaodecultura.ms.gov.br


 

Leia Também