domingo, 22 de julho de 2018

NOVA ADMINISTRAÇÃO

Murilo Zauith toma posse como prefeito hoje em Dourados

23 FEV 2011Por DOURADOS AGORA07h:54

O prefeito eleito Murilo Zauith (DEM) toma posse na manhã de hoje. A solenidade será às 9h, na Câmara Municipal de Dourados. Ele foi eleito, no último dia 6 com 70.906 votos (70,11%), na coligação União por Dourados, juntamente com a vice Dinaci Ranzi (PT). Também será nomeada a equipe do primeiro escalão da gestão municipal.

Ontem a prefeita interina Délia Razuk deixou a prefeitura. Ela volta à Câmara e vai ocupar a vaga do terceiro suplente do PMDB, Marcelo Mourão. Délia continua na presidência da Câmara até o julgamento do mérito de uma ação principal em que contesta o entendimento que a eleição dela para o comando da Casa de Leis seria de mandato tampão.

Délia deixa a prefeitura com as contas em dia. A informação é do secretário de Receita e Finanças, João Azambuja. Segundo ele, o recurso para o pagamento do salário de fevereiro dos servidores municipais já está em caixa. São cerca de R$ 12 milhões.

Desafio

Murilo tem pela frente menos de dois anos de mandato. O problema é que a partir de maio do ano que vem começa a corrida para as eleições do novo prefeito e vereadores. Isso poderá frear a administração do prefeito eleito, no que diz respeito a investimentos no setor público municipal.

Murilo declarou que uma de suas primeiras ações como prefeito será fazer uma ‘varredura’ em todos os contratos da prefeitura. Ele já assinalou que o Tribunal de Contas do Estado (TCE/MS) irá consultar todas as contas das secretarias municipais de Dourados.

Outra medida também assinalada por Murilo Zauith é quanto ao enxugamento da máquina pública, a fim de reduzir o número de servidores que ocupam cargos comissionados. Ele pretende avaliar todo esse quadro. Vai permanecer no cargo aquele que está em “comprometimento com a Prefeitura de Dourados”.

Secretariado

Murilo Zauith toma posse e nomeia  também o primeiro escalão da prefeitura. Os secretários foram definidos a ‘conta-gotas’, já que a administração do democrata Murilo reservou secretarias para o PT da vice Dinaci Ranzi. Metade dos nomes foi definido nos dois últimos dias. Estava em aberto, até ontem à noite, as vagas de Secretário de Comunicação e de comandante da Guarda Municipal.

O secretariado ficou assim definido: Walter Benedito Carneiro Júnior, secretário de Finanças; Antônio Nogueira, de Planejamento; José Jorge Filho, o “Zito”, de Governo; Silvia Bosso, de Saúde; Marinisa Mizoguchi, Administração; Walteir Luiz Betoni, Educação; Neire Colman, na secretaria de Agricultura, Indústria e Comércio; Jorge Luiz de Lúcia, secretário de Obras; Roberto Martins de Araújo, Serviços Urbanos; e Ledi Ferla, secretária de Assistência Social.

Já os cargos comissionados ficaram assim: Orlando Zani, Procuradoria Geral do Município; Rosemar de Matos, Procon; Antônio Coca, presidente da Funced; Carlos Fábio, na presidência da Cultura, que será transformada em Secretaria Municipal; Valdenise Carbonari, no Instituto do Meio Ambiente (Imam); e Toninho Cruz, como chefe de gabinete. Falta ser definido o comandante do Guarda Municipal. Esse cargo será definido depois de uma reunião entre o prefeito e os guardas.

Leia Também