Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

troca excessiva

Muricy é o 28º técnico do Flu desde 2003

15 MAR 2011Por r717h:30

Dessa vez não foi por desejo do Fluminense. Porém, a saída do técnico Muricy Ramalho das Laranjeiras traz à tona a péssima fama adquirida pelo clube nos últimos anos: a de trocar excessivamente de treinador.

Desde o começo do Campeonato Brasileiro disputado por pontos corridos, em 2003, o Tricolor carioca já teve 24 treinadores. Com isso, o profissional que chegar para substituir Muricy Ramalho será o 25º em nove temporadas.

Neste período, destaca-se Renato Gaúcho, que entre idas e vindas, dirigiu o Fluminense em quatro oportunidades, sendo duas em 2003, outra entre 2007 e 2008 e uma última em 2009. Em todas foi demitido, apesar de contar com a simpatia de Celso Barros, presidente da patrocinadora do clube.

Por sinal, a atitude de Muricy Ramalho de pedir demissão é algo raro nessa eterna troca de técnicos no Tricolor carioca. Neste período, antes dele apenas Abel Braga havia solicitado seu desligamento, no fim da temporada 2005.

Abelão, por sua vez, também se destaca nessa lista por ter conseguido permanecer um ano à frente do time. Apenas ele e Renato Gaúcho, entre 2007 e 2008, conseguiram a façanha.

Já a diretoria demitiu alguns nomes de peso, como Carlos Alberto Parreira e Cuca, este último em duas oportunidades, e outros nem tão badalados, como Paulo Campos e Ivo Wortmann.

Na contagem dos 24 treinadores também fazem parte os interinos Gilson Gênio e Mário Marques, que assumiram a equipe apenas em algumas poucas partidas até algum nome ser contratado.

Por sinal, atual técnico dos juniores, Mário Marques, campeão do Carioca em 1980 como jogador tricolor, tem chance de voltar a assumir de forma interina a equipe, sem comando desde a saída de Muricy e seu auxiliar, Tata.

próximo jogo do time será neste sábado (19), diante do Boavista, no Engenhão. Por enquanto, o nome preferido dos dirigentes é o de Abel Braga, que tem contrato até o fim de abril com o Al-Jazira, dos Emirados Árabes.

Sem comandante, o elenco se reapresenta na manhã desta terça-feira (15), na praia do Leme, para realizar trabalhos físicos. A expectativa é que Deco e Fred, recuperados de lesões, possam participar do jogo do fim de semana.

Veja a relação dos técnicos do Flu:

2003 – Renato Gaúcho, Gilson Gênio, Joel Santana e Renato Gaúcho
2004 – Valdir Espinosa, Ricardo Gomes e Alexandre Gama
2005 – Abel Braga
2006 – Ivo Wortmann, Paulo Campos, Osvaldo de Oliveira, Josué Teixeira, Antônio Lopes e Paulo César Gusmão
2007 – Paulo César Gusmão, Joel Santana e Renato Gaúcho
2008 – Renato Gaúcho, Cuca e René Simões
2009 – René Simões, Carlos Alberto Parreira, Vinícius Eutrópio, Renato Gaúcho e Cuca
2010 – Cuca, Mário Marques e Muricy Ramalho
2011 – Muricy Ramalho

Leia Também