Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

Muricy admite que Santos depende de Neymar

30 JUL 2012Por terra12h:30

Atacante do Santos, Neymar tem brilhado pela Seleção Brasileira, nos Jogos Olímpicos de Londres (Inglaterra). As atuações do camisa 11 canarinho têm agradado ao técnico do Peixe, Muricy Ramalho, que não se cansa de elogiar o jogador. Até mesmo por conta disso, o treinador admitiu que os santistas dependem bastante de Neymar e que a equipe sofre sem a presença da sua maior estrela no Campeonato Brasileiro.

"A gente não pode não reconhecer isso. O Neymar faz a diferença na Seleção, imagina no Santos?", disse Muricy, ao relembrar o desempenho do jogador na vitória brasileira sobre a Bielo-Rússia, por 3 a 1, neste domingo, em Manchester.

"Ele deu o passe do primeiro gol, em um cruzamento perfeito para o Pato, fez o segundo (em cobrança de falta) e deu de calcanhar o terceiro (para Oscar balançar as redes). Por isso, os jogadores reconhecem a importância do Neymar. O duro é quando não admitem. Mas nós dependemos dos ‘feras’. Não só dele, como do Ganso também", analisou o comandante, citando também o meia Paulo Henrique Ganso, outro atleta do clube nas Olimpíadas.

Além do quesito técnico, Neymar é fundamental no Alvinegro Praiano pela quantidade de gols que marca para o time. Só nesta temporada, a Joia foi às redes em 30 oportunidades pelo Santos. Por isso, o período de transição no Peixe tem sido complicado com o camisa 11 distante da Baixada Santista.

Sem Neymar, a equipe acumulou quatro partidas sem ganhar e sem marcar gols, até a vitória sobre a Ponte Preta, por 2 a 1, na noite deste domingo, na Vila Belmiro. "Nosso time atual não tem nada a ver com o da Libertadores, pois teve muitas mudanças. É legal ganhar (no Brasileirão), mas um craque como o Neymar não dá para dizer que não faz falta. Agora, os meninos estão lutando bastante aqui e merecem todo o apoio por causa disso. Estou com eles", concluiu Muricy Ramalho.

Caso o Brasil chegue à decisão olímpica, a Joia ainda ficará ausente por mais cinco rodadas do Brasileiro. Enquanto isso, os santistas têm a missão de somar pontos, para se distanciar da zona do rebaixamento da competição. Atualmente, o time alvinegro ocupa o 16° lugar no Nacional, com 13 pontos ganhos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também