Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

Mato Grosso do Sul

Municípios com maior população indígena são os mais pobres

2 SET 2012Por Gabriel Kabad00h:00

Os municípios do Estado com mais pessoas vivendo na pobreza extrema são justamente os que concentram mais índios, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Paranhos é a cidade com mais proporção de extramamente pobres, são 3.825, ou 31,6% da população. É seguida de Japorã, com 2.319, ou 30,9%; depois vem Tacuru, com 20,4% de proporção (2.043); e depois Coronel Sapucaia, com 14,1% (1.968).

Mato Grosso do Sul está em 10º lugar no ranking feito pelo MDS, revelando que 3% da população ganha menos que R$ 70 per capita mensais. O estado mais bem colocado é Santa Catarina (0,9%) e o último é Maranhão (20,6%). A Capital possui 7.081 pessoas nesta situação, registrando o índice de 0,9% da população. O Jardim Noroeste, por exemplo, que abriga o complexo presidiário de Campo Grande, possui muitas casas feitas derestos de madeiras e caixotes, os barracos que formam as favelas.

Leia mais no jornal Correio do Estado

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também