Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mundial de Motocross tem início hoje

21 AGO 10 - 07h:00
     

Com a expectativa de um público de 50 mil pessoas, o GP Brasil do Campeonato Mundial de Motocross vai contar com uma estratégia de trânsito para facilitar o acesso ao Motódromo da Capital, que fica no Parque dos Poderes, saída para Três Lagoas.

A disputa mais acirrada da modalidade de duas rodas acontece em Campo Grande hoje e amanhã.

De acordo com o comandante do pelotão de motociclistas da Ciptran, tenente Paulo Renato, à partir das 6h o Parque dos Poderes será interditado desde a rotatória na avenida Afonso Pena que dá acesso à avenida do Poeta, na entrada do Parque dos Poderes. As ruas Gardênia, Antúrio e Imbe, que são paralelas à Afonso Pena, também serão fechadas próximo ao Parque.

Quem optar pela avenida Mato Grosso terá de pegar atalho pela rua Antônio Maria Coelho no trecho em obras, e poderá deixar os carros no estacionamento dos órgãos públicos no Parque dos Poderes. Outra alternativa é a rua Joaquim Murtinho, seguindo na sua continuação pela avenida Ministro João Arinos.

Nos arredores do Motódromo haverá estacionamento pago para cerca de 550 veículos. Ônibus, vans e táxis terão acesso até o portão principal de entrada do evento.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Juiz e advogados trocam farpas sobre Lei de Abuso de Autoridade
MILÍCIA ARMADA

Juiz e advogados trocam farpas sobre Lei de Abuso de Autoridade

VEJA O VÍDEO

Demora de 1h foi 'gota d'água', diz mulher que protestou em terminal

Doméstica estava a caminho do trabalho e ajudou a bloquear a saída dos ônibus
Após licitação, instalação de estações de ônibus deve começar em 2020
TRANSPORTE PÚBLICO

Instalação de estações de ônibus deve começar em 2020

Deputados apresentaram 63 projetos de lei em nove meses
FEDERAIS

Deputados apresentaram 63 projetos de lei em nove meses

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião