Mulheres reconhecem rapaz como autor de ato obsceno e perseguição

Mulheres reconhecem rapaz como autor de ato obsceno e perseguição
24/02/2009 09:17 -


     

         

         

        

Duas mulheres, de 31 e 36 anos, reconheceram, há pouco, Altair Rojas Rodrigues, 28 anos, como autor de ato obsceno e ainda de ter corrido atrás delas, com intenções sexuais. As perseguições aconteceram há alguns dias no bairro Colúmbia, zona norte de Campo Grande.


        
        

Rojas foi detido hoje de manhã, por policiais do Pelotão Nova Lima e serviço reservado (9° Batalhão), após uma das vítimas reconhece-lo na rua e acionar a Polícia Militar.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".