Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

RELATÓRIO ONU

Mulheres estudam e ganham menos; Poder está concentrado nos homens

20 OUT 2010Por 11h:27

O relatório Mulheres do Mundo 2010, publicado pela ONU (Organização das Nações Unidas) nesta quarta-feira (20), mostra que embora tenha aumentado o número de meninas no ensino primário, de 79% em 1999 para 86% em 2007, a desigualdade entre os sexos ainda continua.

Em alguns países no qual a fé e costumes islâmicos são a base da sociedade, como no Paquistão, quase 70% das meninas estão fora da escola.

Elas também ganham menos que os homens e fazem jornadas de trabalho mais longas. O salário das mulheres representa, em média, de 70% a 90% do que ganham seus colegas do sexo masculino.

Mesmo com avanços, poder está concentrado em mãos masculinas

Embora a desigualdade tenha diminuído em vários quesitos, a diferença entre os sexos em cargos de poder ainda é grande. Em 2009, apenas 14 mulheres ocupavam a posição de chefe de governo ou de Estado entre todos os países do mundo.
Nas empresas, só 13 das 500 maiores corporações do mundo têm uma mulher no cargo de principal executivo.
O primeiro país a ter conseguido um equilíbrio de gênero no Parlamento nacional é a Ruanda, com as eleições de 1995. Isso pode ser atribuído "em parte ao foco e coordenação dos esforços para resolver a questão de gênero durante a reconstrução após o conflito político [que levou a um massacre], também associado ao fato de a maioria dos sobreviventes do conflito anterior ser de mulheres”.

FONTE: R7

Leia Também