Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mulheres e jovens sofrem mais com desemprego

27 JAN 09 - 15h:23
     

         

         

As mulheres e os jovens são os mais prejudicados quando o assunto é desemprego na América Latina. É o que mostra o Panorama Laboral 2009, divulgado hoje (27) pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). Segundo o estudo, o nível de desocupação entre os jovens das áreas urbanas dessa região é 2,2 vezes maior que a média geral de desemprego, que foi de 7,5% em 2008. Entre as mulheres, o número de desempregadas é 1,6 vez maior que entre os homens.

No caso dos empregos informais, aqueles cujo assalariado trabalha em uma empresa, mas não tem acesso a seguro social e outros benefícios, a incidência entre as mulheres era de 60,2% em 2007, contra 57,4% entre os homens. Já os empregos em setor informal, aqueles cujo trabalhador é autônomo e não tem acesso aos benefícios sociais, a maior incidência é entre os homens, com 41,6%, já entre as mulheres o percentual é de 39,6%.

        Com informações da Agência Brasil

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RIO

Três bombeiros morrem e 3 ficam feridos no combate a incêndio em boate

BRASIL

MP transforma conversão de multas ambientais em pagamento com desconto

BRASIL

'Ele é maior de idade', diz Bolsonaro sobre preferir Eduardo embaixador ou líder

Enzo tem 9 meses e precisa de ajuda para tratar problema de saúde
SOLIDARIEDADE

Enzo tem 9 meses e precisa de ajuda para tratar problema de saúde

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião