Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CPI

Mulheres de Cachoeira devem falar sobre bens

27 JUL 12 - 15h:22G1

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP), vice-presidente da CPI Mista que investiga as relações entre o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com políticos e empresários, afirmou nesta sexta-feira (27) que espera que os depoimentos da atual e da ex-mulher de Cachoeira possam esclarecer questões sobre os bens do contraventor.

Andressa Mendonça, atual mulher do contraventor, tem depoimento marcado para o dia 7 de agosto. A ex-mulher Andréa Aprígio é esperada no dia 8. Segundo a Polícia Federal, as empresas de Cachoeira estão no nome de Andréa, mas seriam comandadas pelo contraventor.

"Os depoimentos da Andressa e da Andréa são importantes porque têm foco na administração dos bens do Cachoeira, e têm urgência. Precisamos saber sobre aviões, imóveis e até as contas no exterior. Os depoimentos são fundamentais para esclarecer o tema de bens", disse Teixeira.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

MUNDO

Acuados em caso Odebrecht, políticos peruanos temem apuração sobre OAS

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta sexta-feira: "O caminho da reconstrução"

ARTIGO

Fábio Gilberto Gonzalez: "Eixos centrais para o desenvolvimento da Capital"

Advogado e administrador de empresas
OPINIÃO

Gilberto Verardo: "Direitos garantidos com deveres confusos"

Psicólogo

Mais Lidas