Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

por ciúmes

Mulher vai até a casa do ex para reatar e é morta

5 FEV 14 - 09h:30TARYNE ZOTTINO

Neuza Aparecida de Menezes de 52 anos, morreu na tarde de ontem (4), depois de ser esfaqueada pelo ex-marido, Gildo Ribeiro Pereira, de 45. Segundo informações, o casal brigava muito e já tinha se separado três vezes, ao longo do relacionamento de 10 anos. O último rompimento aconteceu há pouco tempo e Neuza teria ido até a casa do ex para reatar com ele.

No entanto, no meio da conversa, por volta das 12h45min, ela recebeu uma ligação. Gildo desconfiou que fosse outro homem e teve início uma discussão. Ele então pegou uma faca e desferiu pelo menos três golpes contra Neuza. Uma das facadas deixou a mulher com as vísceras expostas.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou a vítima ao Hospital Auxiliadora, mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu ao chegar na instituição. Gildo tentou fugir, mas foi detido por populares que ouviram a confusão. A PM da Rádio Patrulha chegou ao local e prendeu o autor. Ele foi levado à 2° Delegacia de Polícia e autuado em flagrante por homicídio doloso, quando há a intenção de matar.

(Com informações da Rádio Caçula)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mais famílias campo-grandenses conseguem pagar as dívidas
APONTA PESQUISA

Mais famílias campo-grandenses conseguem pagar as dívidas

Agehab dá dez dias para mutuários regularizarem dívidas
INTERIOR

Agehab dá dez dias para mutuários regularizarem dívidas

União agilizará reconhecimento de emergência por queimadas em MS
DIZ MINISTRO

União agilizará reconhecimento de emergência por queimadas em MS

Investigações contra agressor de Bolsonaro podem ser retomadas
PRESO EM CAMPO GRANDE

Agressor de Bolsonaro pode voltar a ser investigado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião