Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Mulher que teve equipamentos desligados morreu, diz ministro

Mulher que teve equipamentos desligados morreu, diz ministro
09/02/2009 17:37 -


     

         

         

Eluana Englaro, a mulher que estava em estado vegetativo desde que sofreu um acidente em 1992, morreu hoje (9). O ministro italiano da Saúde, Maurizio Sacconi, confirmou a morte, mas a informação ainda não foi confirmada oficialmente pela clínica ou pelos familiares da mulher.

Sacconi deu a notícia da morte aos senadores durante reunião de urgência de senadores. Eluana estava havia três dias sem receber comida e hidratação. A família de Eluana ganhou o direito de deixá-la morrer depois de 17 anos de estado vegetativo. Ela estava em coma desde que sofreu um acidente de carro em 1992.

        com informações do G1

Felpuda


Engana-se quem acha que diminuiu a voracidade de ter fatia de cobiçado bolo por parte de “quem manda”. O recuo realmente houve, mas só por enquanto e por uma questão de estratégia, até porque, nas primeiras investidas, as portas não se abriram. E continuam fechadas. Mas quem conhece bem a dita figurinha aposta que ela não desistirá até encontrar, digamos,  um “chaveiro amigo”. Essa gente não sossega nem diante da pandemia... Afe!