Quarta, 13 de Dezembro de 2017

encontrada enterrada

Mulher pode ter
sido estrangulada, diz perícia

9 JAN 2014Por DOURADOS NEWS12h:00

Informações preliminares da perícia apontam que Márcia da Costa Moreira, 34, pode ter sido estrangulada ou asfixiada. O corpo dela foi encontrado enterrado no fundo de uma quitinete no Jardim Márcia, em Dourados (MS), onde o ex-marido, Rafael London Marques da Silva, 27, morava. Havia um saco plástico amarrado na sua cabeça e marcas no pescoço. Porém, médicos legistas determinarão as causas do assassinato.

A mãe da vítima, Maria Ribeiro Bueno, 48, moradora em Almirante Tamandaré, no Paraná, não tinha notícias da filha há pelo menos dois meses e ontem (8), registrou boletim de ocorrência.

O ex-marido ainda não foi encontrado pela polícia e já é considerado foragido.

O CASO

Segundo depoimento da mãe, em novembro de 2013, o neto de 13 anos – que não é filho do rapaz - apareceu em sua residência, alegando que a mãe estaria doente e afirmou que no dia do embarque para o Sul do país, uma mulher teria o levado para a rodoviária.

Antes, o adolescente afirmou que sempre questionava o padrasto, mas este não lhe dava a informação verdadeira.

Intrigada, a avó entrou em contato com o rapaz. Por telefone, ele alegou que Marcia havia fugido de casa e deixado o jovem, mas entraria em contato com a mãe, explicando os motivos do episódio.

Ela então veio a Dourados e não encontrou o genro na casa onde moravam, quando decidiu procurar a polícia e registrou queixa por desaparecimento.

*Editada às 15h55min para acréscimo de informações

Leia Também