Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mulher pagará US$ 1,9 milhão por baixar música da Internet

19 JUN 09 - 11h:00
     

        

 

Um tribunal americano condenou nesta quinta-feira (18) uma mulher de 32 anos a pagar 1,92 milhão de dólares por danos e prejuízos por baixar ilegalmente 24 músicas na Internet. Jammie Thomas Rasset, solteira e com quatro filhos, residente em Minnesota, foi considerada culpada de usar a rede Kazaa para baixar música.

 

O juri determinou o pagamento de US$ 1,92 milhão (R$ 3,75 milhões) - US$ 80 mil por música - a seis gravadoras: Capitol Records, Sony BMG Music, Arista Records, Interscope Records, Warner Bros. Records e UMG Recordings.

A associação da indústria discográfica americana (Recording Industry Association of America - RIAA) e as grandes gravadoras processaram milhares de pessoas por baixar ilegalmente músicas na Internet, mas, na maior parte dos casos, os envolvidos entraram em acordo e pagaram quantias entre 3 mil e 5 mil dólares para encerrar o caso.

 

Com informações do G1

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASILEIRÃO

Regularizado, Nenê pode estrear na vaga de Ganso

clássico entre Flu e Vasco será sábado
REFORMA TRIBUTÁRIA

Governo quer reduzir alíquota do IR para máximo de 25%, diz Bolsonaro

CASO DO TRIPLEX

PGR envia ao STJ parecer contra anulação da condenação de Lula

Excesso de café aumenta chance de pressão alta em pessoas predispostas
PESQUISA

Excesso de café aumenta chance de pressão alta em pessoas predispostas

Mais Lidas