Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mulher pagará US$ 1,9 milhão por baixar música da Internet

19 JUN 09 - 11h:00
     

        

 

Um tribunal americano condenou nesta quinta-feira (18) uma mulher de 32 anos a pagar 1,92 milhão de dólares por danos e prejuízos por baixar ilegalmente 24 músicas na Internet. Jammie Thomas Rasset, solteira e com quatro filhos, residente em Minnesota, foi considerada culpada de usar a rede Kazaa para baixar música.

 

O juri determinou o pagamento de US$ 1,92 milhão (R$ 3,75 milhões) - US$ 80 mil por música - a seis gravadoras: Capitol Records, Sony BMG Music, Arista Records, Interscope Records, Warner Bros. Records e UMG Recordings.

A associação da indústria discográfica americana (Recording Industry Association of America - RIAA) e as grandes gravadoras processaram milhares de pessoas por baixar ilegalmente músicas na Internet, mas, na maior parte dos casos, os envolvidos entraram em acordo e pagaram quantias entre 3 mil e 5 mil dólares para encerrar o caso.

 

Com informações do G1

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ONU

Michelle Bachelet condena uso excessivo da força policial na Bolívia

Para alta comissária da ONU, situação pode degenerar-se no país
CRIME AMBIENTAL

Manchas de óleo aparecem no Delta do Parnaíba, litoral do Piauí

Homens da Marinha foram deslocados para a região
ACUSADO DE CORRUPÇÃO

Em Praga, tchecos fazem manifestação contra primeiro-ministro

Política enfrenta uma série de acusações de corrupção e um inquérito
POR MEDO

Estudantes japoneses deixam universidade em Hong Kong

Universidade cancelou todas as aulas a duas semanas do fim do semestre

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião