Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Mulher ordena e pistoleiro executa home em bar da Capital

Mulher ordena e pistoleiro executa home em bar da Capital
21/11/2009 18:30 -


     

MILENA CRESTANI

Jarison Luiz Góes dos Santos, 24 anos, foi executado a tiros na noite de sexta-feira, por volta das 23h30min, em um bar localizado na Rua Presidente Artur Bernardes, esquina com a Rua Comercial, no Bairro Almeida Lima, em Campo Grande. Uma mulher, que ainda não foi detida, parou o carro em frente ao estabelecimento e ordenou que um homem atirasse na vítima.

Conforme boletim de ocorrência da Polícia Civil, Jarison estava tomando cerveja no bar junto com a esposa Janaina dos Anjos Silva, 25 anos. Um veículo Gol com quatro pessoas dentro parou e desceu a mulher apontada como mandante da execução. Ela falou para a vítima "agora nós vamos acertar" e chamou o homem autor dos disparos que estava dentro do veículo.

O autor dos disparos, cujo primeiro nome seria Júlio, fugiu logo após executar a vítima. A esposa relatou aos policiais que tentou impedir o crime, mas os autores informaram que o problema não era com ela e sim com Jarison. Não há informações sobre quantos tiros atingiram a vítima, que chegou a ser socorrida, mas chegou morta à Santa Casa.

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.