Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EMPREENDEDORA

Mulher ganha até R$ 325 mil por ano dando conselhos amorosos

Mulher ganha até R$ 325 mil por ano dando conselhos amorosos
11/03/2014 00:00 - Techmestre


Uma mulher tem ganhado a vida com um trabalho diferente. Ela se profissionalizou como conselheira amorosa.

Hayley Quinn ajuda homens desesperados em busca de suas paixões. Natural de Londres, na Inglaterra, ela já ajudou maios de 100 mil homens a combaterem seus medos e conseguirem se aproximar de mulheres.

Seu trabalho, porém, não vem de encontro ao que foi sua adolescência. Ela afirma que tinha problemas em relacionamentos até seus 20 anos.

“Eu não era uma adolescente atraente. Eu parecia horrível”, contou Hayley. Ela ainda disse que sua aparência deselegante a deixou tímida, e esse sentimento permaneceu consigo durante anos.

Seu primeiro beijo foi com um garoto da escola aos 14 anos, com o qual era apaixonada. Porém, depois ela descobriu que o rapaz havia a beijado para ganhar um dinheiro apostado com os colegas.

A mulher, agora com 27 anos, enfim encontrou seu grande amor. Trata-se de Dan, um cantor e compositor da mesma idade que ela. Ela conta que é bissexual, mas deixa isso claro para seu parceiro para que não se sinta ameaçado com qualquer pessoa que esteja próxima a ela, independente do gênero.

Hayley começou a conhecer mais sobre o mundo do namoro após um encontro casual com um homem apapixonado por um livro polêmico Após postar no Twitter sobre o livro, ela recebeu uma proposta de emprego em Nova York, e foi lá que começou a sair com mulheres e iniciou seus conselhos amorosos para homens. “Um cara viu meu Twitter com o discurso retórico e entrou em contato comigo”, contou. “Ele achava que minha escrita era muito espirituosa”. 

A terapeuta do amor cobra cerca de R$ 650 por mês para realizar as consultas privadas de cerca de 90 minutos. Ela também realiza seminários, palestras em eventos e escreve colunas regulares para jornais e revistas.

Fonte: Daily Mail

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!