Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

'RADAR'

Mulher foge com amante e marido denuncia falso crime

25 MAI 2011Por FAUSTO BRITES00h:01
Policiais civis detiveram o proprietário de uma caminhonete - que para encontrar a esposa que tinha fugido com o amante - fez falsa comunicação de furto. Vale ressaltar que provocar ação de autoridade, comunicando-lhe ocorrência de crime ou de contravenção (que sabe não ter acontecido) é crime previsto no Código Penal (artigo 340) que prevê pena de detenção de um a seis meses, ou multa. 
 
Tudo teve início quando, no sábado à noite, policia da Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista)  e do Garras (Grupo Armado de Repressão a Assaltos, Roubos e Seqüestros) foram comunicados por uma empresa de monitoramento de veículos do furto de uma S-10. Foi constatado que o veículo estava no estacionamento do Aeroporto Internacional de Campo Grande. 
 
 Os policiais estranharam os fatos e questionaram o proprietário do veículo que foi chamado ao local. 

Foi quando ele confessou que, embora tenha informado a empresa de monitoramento que o veículo havia sido furtado, na verdade, ao chegar em sua residência foi avisado por familiares de que sua mulher havia fugido com um amante na camionhete.

 
Para poder localizá-la, acionou a empresa de monitoramento informando que o veículo havia sido furtado.
 
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também