Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Mulher fica 5 horas refém do marido em SP

Mulher fica 5 horas refém do marido em SP
02/10/2008 21:30 -


     


        

Durante cinco horas, Adriana Regina de Paula foi feita refém pelo marido, Luiz Cláudio Rodrigues da Costa, em Valinos, São Paulo. Segundo informações da Delegacia de Defesa da Mulher da cidade, Adriana contou que foi espancada durante toda a madrugada. Avisada por meio de denúncia anônima, a Polícia Militar (PM) cercou a casa e fechou a rua da residência do casal, no Jardim São Pedro. Durante a negociação com a PM, Costa afirmou que a briga ocorreu porque a mulher o traía. Na presença da polícia, ele jogou álcool no corpo de Adriana e abriu a torneira do botijão de gás da casa. Com um isqueiro, ele fez ameaças. A negociação terminou com a liberação da refém. O homem, de 34 anos, se entregou e foi detido por lesão corporal, ameaça e cárcere privado.


Com informações da Agência Estado
        

Felpuda


Engana-se quem acha que diminuiu a voracidade de ter fatia de cobiçado bolo por parte de “quem manda”. O recuo realmente houve, mas só por enquanto e por uma questão de estratégia, até porque, nas primeiras investidas, as portas não se abriram. E continuam fechadas. Mas quem conhece bem a dita figurinha aposta que ela não desistirá até encontrar, digamos,  um “chaveiro amigo”. Essa gente não sossega nem diante da pandemia... Afe!