quarta, 18 de julho de 2018

VIOLÊNCIA

Mulher é encontrada morta em pastagem

11 JAN 2011Por MICHELLE ROSSI e EDILSON JOSÉ ALVES, PONTA PORÃ00h:00

Uma mulher foi encontrada morta ontem pela manhã, na zona rural de Terenos, cidade a 27 quilômetros de Campo Grande. Segundo informações preliminares da polícia, no corpo havia marcas de agressão.

Uma pessoa localizou o cadáver em uma área de pastagem na região conhecida como Recanto Nuara, distante 70 quilômetros de Terenos.

O local reúne chácaras, mas a mulher teria sido encontrada morta longe das residências. As polícias Militar e Civil foram acionadas por volta das 12h30min, quando então equipes partiram em direção ao local do crime. Até o fechamento desta edição não haviam retornado. A justificativa é de que o local é de difícil acesso.

 Menor
Por outro lado, uma adolescente de 12 anos se apresentou de forma espontânea à Polícia Militar, afirmando que é a autora de uma tentativa de homicídio ocorrida na madrugada de domingo, nas proximidades de um bar no município de Antônio João, região de fronteira com o Paraguai. Ela declarou ter esfaqueado um homem de 35 anos, que foi socorrido no Hospital Municipal.

Na madrugada de domingo, os policiais foram acionados para atender uma ocorrência de tentativa de homicídio nas proximidades do Bar da Japona, em Antônio João. No local, os militares encontraram E.O.A., de 35 anos, esfaqueado no tórax. Informações preliminares davam conta de que a vítima teria sido esfaqueada por uma mulher não identificada.

Durante rondas nas imediações, a guarnição policial foi abordada pela menor L.S.E., de 12 anos, que relatou ser a autora dos golpes e que gostaria de ser presa. A adolescente foi apreendida e encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil local para as providências cabíveis. A vítima foi socorrida no Hospital Municipal de Antônio João.

Pai e filho
Por outro lado, em Ponta Porã, M.A.J.R., de 25 anos, foi preso depois de agredir o pai com socos e pontapés. O jovem queria dinheiro para comprar drogas e, como o pai disse que não daria, passou a ser agredido. O acusado acabou atingido com uma pancada de madeira na cabeça e, com a ajuda dos outros filhos, o pai conseguiu segurar o filho até a chegada da Polícia Militar.

O pai, identificado pelas iniciais O.S.F.R., de 61 anos, disse que as agressões por parte do filho já se tornaram rotina. Ele consome drogas na rua e chega violento em casa. Segundo a vítima, o filho sempre faz ameaças a ele e aos seus outros filhos. O acusado foi detido na casa da família situada a rua Juazeiro, 295, no Jardim Ivone, e encaminhado para o 1º Distrito Policial.

Leia Também