quarta, 18 de julho de 2018

ARAL MOREIRA

Mulher é denunciada por maus tratos a portador de necessidades especiais

10 JAN 2011Por EDILSON JOSÉ ALVES16h:15

Uma mulher foi denunciada por maus tratos a um portador de necessidades especiais no município de Aral Moreira, região de fronteira com o Paraguai. A vítima depois de se jogar da cama foi rastejando até a casa de uma vizinha aonde pediu socorro, momento que foi acionada uma guarnição da Polícia Militar.
Conforme as informações do 4º Batalhão de Polícia Militar, por volta das 10h30min., de sábado, os policiais de plantão foram acionados para comparecer a casa de número 151 da rua José Limeira Sobrinho, na Vila Planalto, em Aral Moreira, para prestar socorro ao portador de necessidades especiais identificado pelas iniciais S.T.M., de 46 anos.
A vítima foi deixada sozinha em casa deitada em uma cama. Sem ninguém para lhe dar qualquer tipo de ajuda, o homem preferiu se jogar no chão e foi rastejando até a casa de uma vizinha identificada pelas iniciais R.M.C., de 42 anos. A mulher acionou imediatamente o grupamento de Polícia Militar de Aral Moreira.
De acordo com a vítima, ele constantemente é vítima de maus tratos por parte da sua irmã R.L.M., de 49 anos. Ele acusa a irmã de lhe bater e deixá-lo sozinho em casa. Os policiais acionaram a ambulância do município para fazer o transporte do mesmo até o Hospital Municipal, onde foi atendido. Também foi solicitada a presença do serviço de assistência social.

Leia Também