Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mulher é condenada a pagar indenização para amante do marido

26 JUL 10 - 23h:52
     

        Uma moradora de Caxias do Sul (RS) foi condenada a pagar indenização de R$ 12,5 mil por danos morais e materiais à amante do marido. Segundo o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS), a mulher invadiu o trabalho da amante, depois de descobrir que foi traída. O TJRS informa que "a decisão já transitou em julgado, não havendo mais possibilidade de interposição de recurso".

        A amante decidiu entrar com processo contra o casal. De acordo com a ação, no começo do relacionamento extraconjugal, em 2004, o homem afirmou que era solteiro. Quando a amante descobriu que ele era casado, ela optou pelo rompimento. Mas ele continuou encaminhando e-mails e recados.

        Em fevereiro de 2005, a mulher traída teria invadido o local de trabalho da amante. A autora do processo afirma que foi agredida com três tapas no rosto e ofendida por palavras como vagabunda. A amante teria contado ainda que perdeu o emprego depois desse escândalo.

        Em sua defesa, o casal informou que o relacionamento extraconjugal foi apenas um "mero caso passageiro" e que os contatos que foram feitos depois do término tinham o objetivo apenas de manter a amizade. Os dois também alegaram que foram prejudicados por mensagens eletrônicas enviadas pela ex-amante.

        Em primeira instância, o juiz Carlos Frederico Finger, do 2º Juizado da 3ª Vara Cível de Caxias do Sul, considerou a ação contra o marido improcedente, mas condenou a mulher traída a pagar indenização de R$ 7,5 mil por danos materiais e outros R$ 9,3 mil por danos morais.

        O casal recorreu, alegando que nenhuma testemunha presenciou a agressão e que a demissão ocorreu por outros motivos.

        A desembargadora Marilene Bonzanini Bernardi decidiu que "a ré deve ser responsabilizada pelos atos resultantes de seu descontrole ao descobrir a traição do marido". Na decisão, ela ainda informou que a mulher não deveria procurar a amante em seu ambiente de trabalho. Apesar de concordar, a desembargadora reduziu o valor da indenização por danos morais para R$ 5 mil.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Senado aprova reforma da Previdência em segundo turno
TEXTO-BASE

Senado aprova reforma da Previdência em segundo turno

Presos em operação tentaram extorquir R$ 5 milhões de vítimas
MÉDICOS, POLÍTICOS E ADVOGADOS

Presos em operação tentaram extorquir R$ 5 milhões de vítimas

MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado
EVITE ATRASO

MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado

Crise do PSL trava projeto de reforma do Hotel Campo Grande, diz prefeito
PARADO

Crise do PSL trava projeto de reforma de hotel, diz prefeito

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião