segunda, 16 de julho de 2018

BAIRRO DANÚBIO AZUL

Mulher diz que flagrou marido e matou a 'outra'

8 JAN 2011Por DA REDAÇÃO00h:01

A empregada doméstica Dayanne Salvador Vieira, 21 anos, acompanhada de seu advogado, apresentou-se ontem (07) na 3ª Delegacia de Polícia em Campo Grande (MS) e confessou o assassinato de Rosilene Cavalcante Sampaio, 28 anos, no dia 04 deste mês no Bairro Danúbio Azul. Ela foi indiciada pela prática por homicídio doloso.

Em seu interrogatório, segundo informações da polícia, Dayanne afirmou que, no dia do crime, recebeu uma ligação anônima informando que seu esposo estaria com a vítima. De posse de um revólver, calibre .38, ela foi então até o endereço mencionado quando encontrou seu esposo na companhia de Rosilene e efetuou diversos disparos em direção à mulher. Dois deles atingiram a vítima no ombro e na perna. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Rosilene não resistiu e morreu.

Dayanne não apresentou a arma utilizada na prática do crime. Ela disse que o revólver foi furtado de sua residência por familiares de Rosilene. Eles, segundo a acusada, teriam invadido sua casa, após a morte da vítima, durante o período em que esteve ausente do local.

Leia Também