Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Mulher descobre no parto que eram quadrigêmeos, em vez de três

Mulher descobre no parto que eram quadrigêmeos, em vez de três
18/02/2014 01:00 - epocanegocios


Nasceram Kenleigh, Kristen e Kayleigh. Quando os pais Kimberly e Craig Fugate acreditavam que o parto acabara, o médico falou: "Há mais pés". Eram de Kelsey, a quarta menina, uma supresa.

As quadrigêmeas idênticas nasceram em uma cesareana no Centro Médico da Universidade de Mississippi, no Estados Unidos, no dia 8. Kimberly, de 42 anos, entrou em trabalho de parto na 28ª semana de gravidez. As bebês estão bem, ainda internadas na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal.

Segundo James Bofill, médico da paciente e professor da Universidade de Mississippi, as chances de uma gravidez espontânea de quadrigêmeos são de 1 em 729 mil. No caso de Kimberly, elas são menores ainda porque são gêmeas idênticas (univitelinas), o que quer dizer que se desenvolveram a partir de um mesmo óvulo fecundado por um espermatozoide.

Kimberly já havia ficado surpresa ao descobrir que estava grávida. Soube, então, que eram três. E, na hora do parto, mais uma surpresa.

Kenleigh Rosa foi a primeira a nascer, às 7h55, com 935 gramas. Kristen Sue veio em seguida, às 7h57, com was born at 7:57 weighing 1,020 quilo. Um minuto depois, nasceu Kayleigh Pearl, com 1,133 quilo. Por último, às 7h59, Kelsey Roxanne, com 1,077 quilo, segundo a CNN.

Os médicos estimam que as bebês fiquem internadas pelo menos até maio, quando se completará o tempo previsto para uma gravidez.

Felpuda


Tudo indica que o MDB não conseguiu convencer o PSDB de iniciar namoro com vistas a casamento nas eleições, e a ideia teria sido descartada. Os tucanos demonstraram que o problema deles não é o cargo: os emedebistas ofereceram a vaga de vice na disputa à Prefeitura de Campo Grande, a mesma cobiçada pelos tucanos, mas na chapa do PSD do atual prefeito. A questão, politicamente falando, seria, digamos, o oferecido “noivo”. Afe!