Terça, 12 de Dezembro de 2017

Mulher de Pizzolato se irrita com jornalistas

8 FEV 2014Por folhapress17h:00

Ao retornar à penitenciária em Modena para visitar Henrique Pizzolato, Andrea Haas demonstrou irritação com os jornalistas por, segundo ela, não considerarem os argumentos da defesa de seu marido e criticou diretamente a Rede Globo de Televisão.

Visivelmente nervosa, Andrea repetiu a alegação da defesa de Pizzolato de que o dinheiro do Visanet, que abasteceu as contas do publicitário Marcos Valério, operador do mensalão, não era público, mas oriundo de um fundo privado

`O regulamento do Visanet e auditorias do Banco do Brasil provam que o dinheiro não era público e não era do BB. O dinheiro era privado, da Visanet, uma empresa privada. Era um dinheiro para a propaganda'', disse a mulher de Henrique Pizzolato.

Dirigindo-se a uma repórter da Rede Globo de Televisão, ela disse que a emissora recebeu R$ 5 milhões do fundo Visanet e que todos os recursos foram aplicados corretamente.

Emissoras afiliadas à Rede Globo e outros veículos de comunicação receberam dinheiro do fundo Visanet por veicular campanhas publicitárias do Banco do Brasil, mas o STF concluiu que os recursos liberados com autorização de Pizzolato foram desviados para o esquema do mensalão.

Em seguida, subiu o tom de voz que já estava bastante embargado: `Ele [Pizzolato] está preso e vocês da Globo estão devendo dinheiro público. Não pagaram imposto. Isso é vergonha. Mais de 700 milhões''.

A Globo questionou uma autuação de R$ 713 milhões, referente aos anos de 2005 a 2008, aplicada pela Receita Federal em dezembro de 2009 por supostas irregularidade no pagamento do Imposto de Renda e da CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido).
`E o outro ali está preso e todo o dinheiro foi aplicado honestamente''. 

Leia Também