Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PRISÃO NA ITÁLIA

Mulher de Pizzolato é barrada ao tentar visitá-lo

Mulher de Pizzolato é barrada ao tentar visitá-lo
08/02/2014 09:46 - TERRA


A mulher do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato tentou visitar o marido da prisão na manhã deste sábado, mas foi barrada porque ainda não tem autorização para entrar na penitenciária. Andrea Haas carregava uma sacola com objetos para o marido, detido nesta semana na Itália com passaporte falso. As informações são da Globo News.

Considerado foragido desde novembro do ano passado, Pizzolato foi preso pela polícia Italiana na última quarta-feira em Maranello. Ele fugiu para a Itália em setembro do ano passado e teve o nome incluído na lista de procurados pela Interpol, a polícia internacional, em mais de 190 países. Pizzolato foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal a 12 anos e sete meses de prisão, pelos crimes de lavagem de dinheiro, peculato e formação de quadrilha.

Andrea afirmou afirmou que todos os documentos que inocentariam o marido teriam sido apresentados, mas que só foram divulgadas mentiras.

Felpuda


Partido está aos poucos montando a que vem sendo chamada de “chapa do quartel”, pois os pré-candidatos são oriundos da caserna. Há quem diga que os dirigentes da legenda ainda estão querendo pegar carona no “fenômeno Bolsonaro”, esquecendo-se que o presidente, embora vindo da área militar, está na política há 30 anos e o seu programa de governo agradou 57,7 milhões de eleitores. Dizem que tchurminha será obrigada a adicionar mais ingredientes no currículo, senão...