Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Mulher-bomba deixa 35 mortos em santuário de Bagdá

Mulher-bomba deixa 35 mortos em santuário de Bagdá
04/01/2009 12:20 -


     

        Da Redação

         

        Uma mulher-bomba suicida causou a morte neste domingo de 35 pessoas, deixando ainda ao menos 79 feridos em um santuário xiita a noroeste de Bagdá, informou o governo iraquiano.
        A explosão ocorreu em um posto policial na parte externa do santuário Imam Moussa al-Kadhim, em Kadhimiya, uma área dominada por xiitas em Bagdá, quando a comunidade se preparava para o feriado religioso Ashura, na próxima semana. O Ashura lembra a morte de Hussein, neto do profeta Maomé.
        A maioria das vítimas era de peregrinos vindos do Irã, segundo um porta-voz das forças de segurança. 
        
        

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!