Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mulher agradece por casa própria

25 AGO 10 - 05h:30
Selma Rodrigues de Oliveira foi uma das beneficiadas com uma nova moradia, após as obras no Córrego Cabaça. Escolhida para falar em nome da população, a senhora relatou que morava no “buraco”, convivendo com o risco de inundação, a cada chuva. “Eu não tinha casa, morava no buraco. Vocês nos deram a casa dos nossos sonhos”, afirmou, recebendo, em seguida, longo abraço do presidente Lula.
No total foram entregues, 2zzanteriormente, 574 casas, além de 1,5 mil moradias regularizadas, em um investimento total, junto com as obras de drenagem e pavimentação, R$ 66,4 milhões.
Para Arlene Ortega Pavão, de 53 anos, moradora de Ponta Porã, que conhecia a região antes da intervenção, a mudança foi muito grande. “Não reconheci. Se viesse sozinha, não conseguiria chegar na casa da minha amiga”, disse, referindo-se a Nirian Rodrigues da Rosa, moradora da Vila Carlota. “Ficou ótimo. Tem pista de caminhada; antes era tudo brejo, mato. Agora o córrego está livre. Estou feliz da vida”. (ST)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Há 30 anos com doença, paciente é sómbolo da luta contra o câncer
CORREIO B

Há 30 anos com doença, paciente é sómbolo da luta contra o câncer

CORREIO B

'Não foi fácil', diz Sandy após cantar doente em São Paulo

BRASIL

Deputados do PSL trocam farpas e divergem sobre carta em apoio a Bolsonaro

Confira o seu astral para esta segunda
OSCAR QUIROGA

Confira o seu astral para esta segunda

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião