Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Mulher agradece por casa própria

25 AGO 10 - 05h:30
Selma Rodrigues de Oliveira foi uma das beneficiadas com uma nova moradia, após as obras no Córrego Cabaça. Escolhida para falar em nome da população, a senhora relatou que morava no “buraco”, convivendo com o risco de inundação, a cada chuva. “Eu não tinha casa, morava no buraco. Vocês nos deram a casa dos nossos sonhos”, afirmou, recebendo, em seguida, longo abraço do presidente Lula.
No total foram entregues, 2zzanteriormente, 574 casas, além de 1,5 mil moradias regularizadas, em um investimento total, junto com as obras de drenagem e pavimentação, R$ 66,4 milhões.
Para Arlene Ortega Pavão, de 53 anos, moradora de Ponta Porã, que conhecia a região antes da intervenção, a mudança foi muito grande. “Não reconheci. Se viesse sozinha, não conseguiria chegar na casa da minha amiga”, disse, referindo-se a Nirian Rodrigues da Rosa, moradora da Vila Carlota. “Ficou ótimo. Tem pista de caminhada; antes era tudo brejo, mato. Agora o córrego está livre. Estou feliz da vida”. (ST)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Aliados de 'Minotauro' estão entre presos do PCC fugitivos de prisão no Paraguai
FUGA EM MASSA

Aliados de 'Minotauro' estão entre presos do PCC fugitivos de prisão no Paraguai

Projeto auxilia na criação de hortas familiares em Campo Grande
HORTA URBANA

Projeto auxilia na criação de hortas familiares em Campo Grande

Rodoviárias têm fiscalização reforçada após fuga de detentos do Paraguai
FUGA EM MASSA

Rodoviárias têm fiscalização reforçada após fuga de detentos do Paraguai

Aos 73, filha solteira de ex-deputado ganha pensão há 46 anos: 'Nunca dependi'
ABSURDO

Aos 73, filha solteira de ex-deputado ganha pensão há 46 anos: 'Nunca dependi'

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião